“O Festival Gastronômico de Taquaruçu está consolidado”

Presidente da Agência de Turismo de Palmas fala das novidades do evento para este ano e da intenção de solidificar o roteiro gastronômico da cidade

Eudes Assis, presidente da Agência de Turismo de Palmas | Foto: Divulgação

No período que antecede a primavera, a Prefeitura de Palmas organiza o Festival Gastronômico de Taquaruçu. Com uma programação eclética, o presidente da Agência de Turismo, Eudes Assis, acompanhado da prefeita Cinthia Ribeiro, anunciou as atrações artísticas da 13º edição, com grandes nomes da música brasileira, como as bandas de pop rock Jota Quest e Ira, além da renomada dupla sertaneja João Neto e Frederico. Também fará parte do evento um dos ícones da MPB, Geraldo Azevedo e, no encerramento, o sanfoneiro, cantor e compositor Dorgival Dantas. A programação artístico-cultural do FGT será realizada de 4 a 8 de Setembro de 2019.

A Agência de Turismo do Município de Palmas é a responsável pela organização do evento. O presidente da Agência, Eudes Assis, concedeu entrevista ao Jornal Opção, oportunidade em que expôs os detalhes do Festival Gastronômico, considerado o maior da região norte e um dos mais conhecidos do Brasil.

Após o estrondoso sucesso do Capital da Fé, realizado no período carnavalesco, a gestão municipal promove, em setembro, o Festival Gastronômico de Taquaruçu, outro evento grandioso que fomenta a economia da capital. Quais são as perspectivas?
As melhores possíveis. É um grande desafio organizar esse festival. O que era apenas uma pequena feira na praça central do distrito, hoje se tornou um evento de grandes dimensões. Neste ano, teremos muitas novidades, priorizando a regionalização do evento, em todos os aspectos, inclusive na utilização de produtos locais, como o buriti, babaçu, entre outros. É uma exigência das receitas, visando a manter a identidade tocantinense.

Além das cinco atrações nacionais, vamos receber cerca de uma dezena de artistas regionais, além de “chefs” de renome nacional e internacional, mas que são daqui da região. Chegou o momento de valorizar a “prata da casa”, trabalhar essa temática, prestigiando pessoas que tem identidade com Estado do Tocantins e com a nossa capital, porque eles estão construindo e fortalecendo a gastronomia e a arte local.

Alguns dos pratos que serão apresentados no festival | Foto: Divulgação

Há muitas novidades para esse ano?
Implantamos, a partir dessa edição, a rota gastronômica, cujo objetivo é fomentar o turismo. Esses restaurantes, participantes da rota, também funcionarão e servirão os pratos no período pós-festival. Caso o turista queira saborear as novidades que foram apresentadas durante o evento, poderá fazê-lo nesses restaurantes, nos próximos meses. 

Nas edições anteriores, alguns restaurantes ficavam fechados porque estavam participando do festival. Com a inclusão do prêmio “rota gastronômica”, eles continuam abertos durante o evento, sem estandes na Praça Maracaípe, contudo, concorrendo na categoria “rota”.

Não tenho dúvidas que o Festival está consolidado. A ideia da prefeita era solidificar o pós-festival e isso, vamos conseguir, com certeza. Creio que no ano que vem, a questão da “rota” vai triplicar o número de participantes, porque os comerciantes já entenderam que isso vai gerar bons frutos.

Qual o período do festival gastronômico?
Realizaremos esse ano de quarta-feira (4/9) a domingo (8/9), data em que serão anunciados os vencedores e a premiação para o primeiro, segundo e terceiro colocado das receitas participantes. As categorias são: comidinha, prato doce, prato salgado, food-truck. Além disso, vamos premiar, também, a categoria empreendimento, que são os participantes inclusos na “rota gastronômica”.

Os estandes instalados na Praça Maracaípe – até mesmo em razão do sol escaldante nesta época do ano – funcionarão a partir das 18 horas. Haverá apresentações da cozinha-show pelos chefes selecionados, além das oficinas ministradas pelo “Campo das Artes”, números circenses, etc.

O modelo de sucesso do ano passado da programação do Cozinha Show será mantido nesta edição, com chefs regionais realizando preparo de pratos todos os dias do evento.

Ressalto que essa questão da temática regional é muito importante e, também, estará presente. Reservamos um dia para apresentação artística (música e dança) de índios da etnia Krahô, que também farão um prato típico, à base de mandioca, denominado paparuto.

E as atrações artísticas nacionais?
Faremos a abertura com a banda de pop rock nacional Jota Quest. Na quinta-feira, a atração será os renomados sertanejos João Neto e Frederico. Na sexta-feira, outra famosa banda de rock nacional, o Ira. No sábado, o show fica por conta do astro da MPB, Geraldo Azevedo. No domingo, encerraremos em ritmo de forró. A atração será o sanfoneiro, cantor e compositor, Dorgival Dantas.

A gestão municipal já viabilizou ônibus para o público, visto que a estrada para o distrito de Taquaruçu fica muito congestionada nesse período?
Sim, haverá uma linha específica, do Ginásio Ayrton Senna, em Taquaralto, até a Praça Maracaípe, em Taquaruçu e vice-versa, de 10 em 10 minutos, em ônibus com ar-condicionado. O turista pode deixar o carro no estacionamento do ginásio e tomar o ônibus com direção ao destino. A guarda metropolitana ficará responsável pela vigília dos veículos e isso traz segurança para o nosso visitante. Aliás, todas as forças de segurança estão integradas, como a Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e Guarda Metropolitana, ATTM e Detran, visto que um evento de grande porte, como este, necessita de todo suporte possível para que tudo corra bem.

Além disso, a Secretaria Municipal de Infraestrutura já está há mais de 15 dias no distrito, fazendo a poda das árvores e o recapeamento da pavimentação asfáltica, como também pinturas em meios-fios e patrolagem das estradas vicinais de acesso, uma vez que, comprovadamente, aumenta a visitação e o fluxo de veículos em 45%, nesse período.

Os pratos concorrentes foram pré-selecionados por uma equipe julgadora?
Sim, porque são tantos concorrentes que fomos obrigados a realizar uma pré-seleção. Os embaixadores vão promover a apresentação dos pratos e alguns são sérios concorrentes, tais como o Chambarilove, Tapiocafé, Marizabel de Pirarucu, Nhoque Tocantinense, Risoto Savana, Big-Max, Bolinho de Chambari, Tucunaré assado na folha de bananeira com caviar de açaí, Muqueca de banana da terra com palmito, entre vários outros.

Todos os participantes deverão concorrer com uma receita, em apenas uma das quatro categorias, sendo estas distribuídas em 19 vagas para ‘Comidinhas Salgadas’, 15 para ‘Pratos Salgados’, 11 para ‘Pratos Doces’, 05 para ‘Food Truck’ e 08 ‘Restaurantes e empreendimentos de Taquaruçu e Taquaruçu Grande’.

Os pratos serão avaliados por profissionais das áreas de alimentos e bebidas de Palmas para seleção dos vencedores do festival.

Em nome do Jornal Opção, desejo sucesso no empreendimento, ressaltando a parceria de sempre…
Agradeço-lhe em nome da prefeita Cinthia Ribeiro, porque esse veículo de comunicação sempre tem sido parceiro na cobertura dos nossos eventos. Quero convidar toda a população de Palmas e do Tocantins, para que compareçam, de 4 a 8 de setembro, em Taquaruçu, e aproveitem todas as novidades, comidas, oficinas, shows e demais apresentações. Sejam todos bem-vindos.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.