Movimento pela reorganização do Tocantins

18 de março, que já foi feriado estadual e data comemorativa do marco pela separação do Norte de Goiás (Dia da Autonomia, numa referência a criação da Comarca do Norte em 1809, por decreto do príncipe Regente Dom João VI), caiu em desuso, deixou de ser feriado, este ano voltou a pautar o debate no Tocantins. Não mais sobre o passado, mas agora como apelo pelo futuro do novo Estado.

Nesta data foi criado o Comitê de Estudos de Re­organização do Tocantins, denominado de Movimento Certo, uma ação de cidadania que pretende convocar a sociedade para debater o futuro do Estado. O surgimento do movimento vem da constatação que o Estado está se desviando dos princípios que o criaram. “Este não é o Tocantins que sonhamos”, disse o ex-deputado por Goiás Totó Cavalcante, em pronunciamento na abertura da solenidade de instalação do comitê, realizada na terça-feira, 18, no auditório da Assembleia Legislativa.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.