Morte de Eudoro Pedroza deixa lacuna na política do Tocantins

Secretário Eudoro Pedroza: político atuante morto aos 74 anos

Secretário Eudoro Pedroza: político atuante morto aos 74 anos

O secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo do Estado do Tocantins, Eudoro Guilherme Zacharias Pedroza, faleceu na noite sábado, 3, em Goiânia, aos 74 anos, após uma parada cardíaca. Ele estava internado na Unidade de Terapia Intensiva do Hospital Anis Rassi, mas lutava, desde o começo do ano contra um câncer no pulmão.

Empresário conhecido no Estado do Tocantins desde 1982, formou-se em direito pela Universidade Federal de Goiás (UFG), em 1965. Tratava-se de uma pessoa notória por sua contribuição para o desenvolvimento da economia do Estado e, principalmente, por seu trabalho social junto às comunidades do Jalapão. Reconhecido como um dos esteios do PMDB tocantinense, foi deputado estadual, federal e secretário de Governo.

O governador Marcelo Miranda lamentou a morte de seu assessor, considerado por ele, mais que um amigo: “Mais que um político extraordinário, Eudoro Pedroza foi um grande empresário. Ele era tudo o que se pode esperar de um verdadeiro amigo. O PMDB perde um grande líder, um exímio mediador, sempre presente, atuante e respeitado na história política de Goiás e do Tocantins. Deixará saudades não apenas no coração dos que tiveram o mérito de conviver com ele. Suas conquistas, feitos, gestos e ações farão parte da história do Estado, do povo tocantinense”, disse emocionado, o governador. (Dock Júnior)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.