Marcelo Miranda diz que Carlesse não tem capacidade de administrar o Estado do Tocantins

Em nota à imprensa, ex-governador afirmou que interino está desesperado ao culpar o emedebista por caos

Fotos: Divulgação

Em coletiva à imprensa, na última segunda-feira (7/5), o secretário Estadual da Fazenda, Sandro Henrique Armando, afirmou que a situação do Tocantins é “calamitosa” e está trabalhando para que os serviços não sejam interrompidos. Segundo levantamento feito pela equipe do governador interino Mauro Carlesse (PHS), a dívida do Estado passa de R$ 1,376 bilhão.

Em imediata resposta, o ex-governador, Marcelo Miranda (MDB), afastado do cargo por decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), rebateu as acusações feitas pelo seu sucessor e membros de sua equipe, sobre a situação financeira do Tocantins.

“É gravíssimo que esse senhor e sua equipe venham a público distorcer os dados e a realidade, em função do medo de não sair vitorioso no processo eleitoral. O desespero demonstrado pelo senhor Mauro Carlesse só prova o quanto ele não possui capacidade de administrar a máquina pública. Se minha gestão foi tão desastrosa por que ele manteve em sua equipe de primeiro escalão nomes que faziam parte do nosso Governo?”, questionou Marcelo Miranda.

Ele afirmou ainda que o quadro anunciado por Mauro Carlesse e sua equipe é fruto do cenário comum à maioria dos estados brasileiros, diante da situação econômica pela qual o país vem atravessando. “Vale ressaltar, talvez pelo desconhecimento por parte deste governo interino, que a situação do Tocantins, apesar de não ser a ideal, já teve evolução considerável, comparada a dos demais estados da Federação, em todos os setores. Essa situação agravada se deve ao fato desta gestão interina ter decidido não honrar com compromissos e parcelamentos assumidos, que estavam em dia, e pagar apenas os gastos que ele e a própria equipe estão fazendo, totalmente sem controle, visando apenas conseguir votos”, rebateu.

Marcelo Miranda destacou também que foi ele que, quando eleito em 2014, recebeu um Estado quebrado e sucateado. “Quando assumi não encontrei o Estado em condições ideais para ser governado, e a realidade, à época, foi amplamente divulgada para conhecimento público. Havia 4 bilhões em dívidas. A diferença é que, eu e minha equipe, procuramos não fazer dessas dívidas herdadas, nem das situações difíceis com as quais nos deparamos, razões para cruzarmos os braços, ou mesmo transformar aquela realidade em moeda eleitoreira diante da população. Nós trabalhamos e conseguimos, durante a pior crise fiscal que o País já passou, quitar 75% da dívida herdada, sem prejuízo dos serviços públicos básicos da população”, ressaltou.

O ex-gestor também criticou a forma desumana como Mauro Carlesse tem tratado os servidores públicos, atribuindo a eles a acunha de “cabos eleitorais”. “Não adotei a política do desemprego, como o fez este governo interino que, no meu entendimento, fez uma ação sem qualquer critério, sem mesmo levar em conta as centenas de pessoas que engrossaram os números do desemprego em nosso Estado”, pontuou, lembrando ainda que essa medida impensada ainda foi responsável pelo caos em todos os hospitais públicos do Estado e prejuízo nas escolas.

Para Miranda, é estranho e constrangedor que Carlesse, especialmente por encontrar-se presidente da Assembleia Legislativa, e por ser candidato a governador, ainda não possua o real conhecimento das condições em que se encontra o Estado. “É lamentável que o governo interino que aí está, esteja se valendo de uma visão meramente eleitoreira, tentando entrar para a história do Tocantins pela porta dos fundos, forjando a democracia, sem conhecimento de causa, e desprovido de qualquer projeto de Governo para o Estado do Tocantins”, criticou.

2 respostas para “Marcelo Miranda diz que Carlesse não tem capacidade de administrar o Estado do Tocantins”

  1. Avatar Chris BRONZEATTO @gmail.com disse:

    Nosso governador Marcelo Miranda tem que voltar o mais rápido possível a governar nosso estado !

  2. Avatar Joao disse:

    MM questionar a capacidade de qualquer cidadão é uma piada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.