Marcelo Miranda anuncia secretários restantes e garante que a ordem é “enxugar a máquina”

Nova equipe assumirá com uma preocupação: a de ainda não saber como estará o orçamento, uma vez que a Lei Orçamentária Anual não foi enviada para a Assembleia Legislativa pelo atual governo

Gilson Cavalcante

A situação do Estado é de calamidade e o momento “é muito delicado. Por isso, não posso errar.” A fala é do governador eleito, Marcelo Miranda (PMDB) e expressa sua preocupação manifestada na terça-feira, 23, durante anúncio de mais 12 nomes de sua futura equipe de auxiliares. No início do mês, ele já havia anunciado 11 secretários.

Na oportunidade, assumiu, mais uma vez, o compromisso de cumprir o que ele classificou como metas desejadas pela sociedade tocantinense, “que depositou esperança e fé no nosso terceiro mandato à frente da administração estadual”. Num recado ao ex-governador Siqueira Campos (PSDB) e ao atual, San­doval Cardoso (SD), Miranda foi objetivo e direto: “Vou dizer a verdade que os tocantinenses e os brasileiros precisam saber; não vou me furtar a isso”.

A declaração do governador eleito, em vias de tomar posse, deixou transparecer que está mesmo disposto a fazer uma espécie de devassa nas contas e na administração do Estado, assim que assumir o governo. Reiterou que a máquina precisa de um enxugamento e, para isso, pretende fazer os cortes necessários nos gastos.

Revelou que vai imprimir a marca da austeridade e voltou a afirmar que a saúde precisa de um choque de gestão urgente, principalmente “para resgatar a autoestima dos profissionais”. “Não adianta tampar o sol com a peneira”, sentenciou para ilustrar o caos em que se encontram, por exemplo, o Hospital Geral de Palmas, a Maternidade Dona Regina e outras unidades de saúde espalhadas pelo interior do Estado.

Miranda ainda reclamou da falta de orçamento para iniciar sua administração. Os deputados entraram em período de recesso e o governador Sandoval Cardoso não enviou a Lei Orçamentária Anual (LOA) para a Assembleia Legislativa.

Os novos indicados

Paulo Sidnei AntunesArticulação Política
Paulo Sidnei Antunes
Arquiteto, natural de Inhumas (GO). Foi prefeito de Araguaína, deputado estadual, deputado federal e vice-governador do Tocantins. Começou na vida pública ainda em Goiás como secretário de Planejamento e secretário de Viação e Obras em Inhumas (1977-1981), onde também foi vice-presidente do PMDB entre 1983 e 1987. Pelo Estado de Goiás, atuou como coordenador do Desenvolvimento Regional da Secretaria de Planejamento, diretor de Planejamento da Secretaria de Planejamento do Estado Goiás e superintendente do Instituto de Desenvolvimento Urbano.

Controladoria-Geral do Estado (CGE)
luiz_antonio_da_rochaLuiz Antônio da Rocha
O carioca tem pós-graduação em fiscalização e controle da administração pública e em orçamento e finanças. Possui também especialização em elaboração, acompanhamento e análise de projetos, auditoria em obras públicas, gestão de contas públicas, controle interno e externo da administração pública, entre outras. Foi diretor executivo de Administração e Finanças do Ministério da Educação (MEC), servidor de carreira do Tribunal de Contas do Estado de Goiás (TCE-GO), superintendente da Superintendência Nacional de Abastecimento (Sunab), presidente do Comitê de Execução Orçamentária e Financeira do primeiro governo Marcelo Miranda, de quem também foi secretário-chefe de gabinete.

Desenvolvimento Regional e Habitação
aleandro_lacerdaAleandro Lacerda Gonçalves
O goianiense é advogado especialista em Direito Imobiliário pela Universidade Católica de Goiás (PUC-GO) e tem pós-graduação em direito do Estado, constitucional e administrativo. Desempenhou atividades na regularização de imóveis e loteamentos desde sua formação superior. No setor público, atuou como secretário estadual de Habitação de 2005 a 2009, onde gerenciou programas habitacionais premiados nacionalmente, como o “Habitação para todos nós”, “Habitação Quilombolas” e “Construindo Juntos”. É atual secretário da Habitação da Prefeitura de Palmas e diretor para a região Norte no Fórum Nacional de Secretários de Habitação e Desenvolvimento Urbano (FNSHDU). É também vice-presidente da Associação Brasileira das Companhias de Habitação.

telio_leao_ayresCasa Civil
Télio Leão Ayres
Nascido em Rio Verde (GO), é conselheiro da Ordem dos Advogados do Brasil no Tocantins (OAB-TO); procurador do Estado do Tocantins desde 1994. Foi defensor público geral de 2005 a 2007 e secretário de Cidadania e Justiça entre 2004 e 2009.

 

geferson_barrosAdministração
Geferson Oliveira
Barros Filho
Natural de Formosa (GO). É bacharel em comunicação social pela Universidade Federal do Tocantins (UFT) e atua como consultor executivo, atuando em atividades nas áreas de gestão e execução de projetos voltados para planejamento, pesquisa, educação e gestão administrativa para instituições privadas. Foi subsecretário da Juventude (2006-2009) e assessor da Secretaria do Planejamento.

salim_milhomemEsporte, Lazer e Juventude
Sallim Rodrigues Milhomem
Nascido em Cariri (TO), é empresário desde 1982, quando começou a ter seu nome ligado ao esporte tocantinense. Em 2009, exerceu o cargo de coordenador de Iniciação Esportiva da Secretária do Esporte na administração de Marcelo Miranda. Atual presidente do Tocantinópolis Esporte Clube e um de seus membros fundadores, Milhomem desenvolveu um forte trabalho tanto no profissional como nas categorias de base do clube, que hoje conta com aproximadamente 200 meninos de 7 a 18 anos.

Luzimeire Ribeiro de Moura CarreiraMeio Ambiente e Recurso Hídricos
Luzimeire Ribeiro de Moura Carreira
Natural de Porto Nacional (TO). Possui graduação em Engenheira Ambiental e mestrado em Ciências do Ambiente pela Universidade Federal do Tocantins (UFT). No setor público, tem experiência em planejamento ambiental estratégico voltado à gestão de recursos hídricos, saneamento ambiental e mudanças climáticas. Servidora de carreira da Prefeitura de Palmas, atuou como diretora de Meio Ambiente no município entre 2001 e 2004, onde participou efetivamente da criação e implantação da Política Municipal de Meio Ambiente de Palmas, sendo também coautora da Política Municipal de Mudanças Climáticas de Palmas. De 2009 a 2010, atuou na Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Tocantins como assessora de Projetos e Captação de Recursos.

Autarquias e comandos militares

Instituto Natureza
do Tocantins (Naturatins)
Ricardo de Souza Fava
Nascido em Votuporanga (SP), é formado em engenharia florestal pela Universidade de Alfenas (MG) com mestrado em manejo florestal pela Universidade de Aberdeen, Escócia. Funcionário público lotado na Agência de Máquinas e Transportes (Agetrans), tendo passado pela secretarias de Infraestrutura, Planejamento, Agricultura, Indústria e Comércio, Agência de Desenvolvimento Turístico (Adtur) e Naturatins. Coordenou, pela Secretaria de Infraestrutura, o licenciamento e execução de projetos ambientais referentes à implantação de diversas grandes obras no Tocantins.

Junta Comercial (Jucetins)
Carlos Alberto Dias de Moraes
Goiano de São Luís de Montes Belos, o contador foi vereador por dez anos, secretário de Educação e de Administração por três gestões em Colmeia (TO). É ex-membro do conselho deliberativo da Associação Goiana de Municípios (AGM), ex-secretário de Estado de Cidadania e Justiça e ex-membro do Conselho Nacional de Secretários de Justiça.

Corpo de Bombeiros
Coronel Dodsley Yuri Tenório Vargas
Goiano de Anápolis, ele incorporou as fileiras do Corpo de Bombeiros Militar em 1991, na Academia de Bombeiro Militar do Distrito Federal (DF). Foi o primeiro oficial com formação específica em Bombeiro Militar do Estado do Tocantins. Possui vários cursos voltados para o oficialato dos bombeiros e também o curso de pericia de incêndio e explosões. Coronel Yuri, nestes quase 24 anos, foi designado para inúmeras funções no Corpo de Bombeiros do Tocantins, entre elas: subcomandante do 1º Batalhão; diretor de ensino; coordenador-adjunto da Defesa Civil e chefe do Estado-Maior.

Chefe do Estado-Maior
Coronel Edvan de Jesus Silva
Natural do Gama (DF), Edvan se formou pela Academia de Policia Militar da Bahia em 1994, se graduando em direito pela Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas de Gurupi (TO) no ano de 1999. Tem pós-graduação em: ciência política, defesa e estratégia brasileira; estudos de política e estratégia; defesa social e cidadania; metodologia e didática do ensino superior e, atualmente, cursa gestão em segurança pública. Já exerceu o subcomando da Academia de Polícia Militar, em Palmas. Foi diretor do Colégio Militar e hoje está à frente do comando do 4º Batalhão da Polícia Militar em Gurupi (TO).

Departamento Estadual de Trânsito (Detran)
Coronel Eudilon Donizete Pereira
Mineiro de Carmo da Mata, Eudilon é oriundo da Polícia Militar do Estado de Goiás. Na PM-TO exerceu várias funções, sendo as principais: o comando de unidades, chefia de seções do Estado-Maior, chefe de Estado-Maior. Especializou-se em aperfeiçoamento de oficiais na PM–DF e concluiu o curso superior de polícia na PM-GO. É pós-graduado em metodologia do ensino superior pela Universidade Federal do Tocantins (UFT).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.