Livre de acusação de abuso de poder

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) negou por unanimidade (sete a zero) provimento do agravo regimental da Procuradoria Geral Eleitoral (PGE) no caso Litucera, que envolvia os ex-governadores Marcelo Miranda, Carlos Henrique Gaguim e o ex-deputado Raimundo Palito, acusados de abuso de poder político e econômico. A decisão derruba a condenação proferida pelo TRE. O curioso é que a condenação aprovada por sete a zero é derrubada em estância superior por sete a zero. Na prática, Marcelo se livra de mais um impedimento que alimentava o discurso dos adversários de que ele era inelegível.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.