Hospital e Maternidade Dona Regina será amplamente reformado

Obras envolverão instalações elétricas e hidráulicas, em áreas de ambientação e de recuperação

Fachada Hospital Dona Regina | Foto André Araújo – Gov do TO

Visando a excelência nos serviços prestados, o Governo do Tocantins, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES), vai aplicar cerca de R$ 3 milhões em reformas no Hospital e Maternidade Dona Regina. As obras envolverão instalações elétricas e hidráulicas, em áreas de ambientação e de recuperação.

A adjudicação e homologação da tomada de preços foram publicadas no Diário Oficial do Estado na quinta-feira, 13, tendo como critério de julgamento o menor preço. O resultado, proferido pela Comissão Permanente de Licitação da Secretaria de Infraestrutura, cidades e Habitação (Seinf), teve como vencedora e empresa Só Terra Construções e Projetos Ltda.

“O Hospital Dona Regina foi concebido para atender gestações de alto risco e partos prematuros. Atualmente, realizamos cerca de cinco mil procedimentos por mês, entre os quais dois mil e quinhentos são partos normais, ou seja, um desvio de função da unidade hospitalar, cuja obrigação seria do município de Palmas – uma cidade com trezentas mil pessoas – que não possui um hospital municipal. É preciso ressaltar que, durante as reformas da unidade, o atendimento não ficará comprometido, pois tocaremos as obras com o hospital em funcionamento, observando o planejamento previsto. São 120 leitos normais e mais 20 leitos de UTI Neonatal, não sendo possível, portanto, o atendimento sofrer interrupções, o que deixaria os usuários desassistidos” pontou o Secretário Estadual de Saúde, Edgar Tollini.

Ato contínuo, o gestor confirmou ainda ao Jornal Opção que inobstante a isso, além das reformas pontuais a serem realizadas no Hospital Dona Regina, o governador Carlesse determinou que a licitação da nova obra do Hospital Materno Infantil, a ser construído na Avenida NS 01 – com duzentos leitos – seja publicada o mais rápido possível, visando atender a população.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.