A decisão do deputado federal César Halum (PRB) de acompanhar o governador Marcelo Mi­randa (PMDB) e sua comitiva na visita aos ministérios, em Brasília,  ainda não significa uma aliança, mas admite que a relação “pode evoluir” para isso. “De­pende do que vai ocorrer daqui para frente, do dia a dia”, afirmou. Halum critica a forma como o Estado foi passado a Marcelo. “En­tregaram o Estado numa situação lastimável, e todos agora temos a obrigação de ajudar”, defende o deputado.