Governo quer que CPI do Igeprev fique para depois das eleições

Tocantins_1885.qxdA senadora Kátia Abreu considerou, na semana que passou, desrespeito à população do Estado, aos servidores públicos e ao Legislativo a decisão do governo de pedir mais 60 dias de prazo para apresentar os documentos solicitados pela CPI do Igeprev. Na semana retrasada, Kátia entregou ao ministro da Justiça, José Eduardo Cardoso, documento cobrando agilidade nas investigações da Polícia Federal nas aplicações irregulares do Igeprev, que podem dar um prejuízo de R$ 1,14 bilhão no fundo dos aposentados, o que equivale a 42% dos R$ 2,7 bilhões de patrimônio do Igeprev, de acordo com os seus cálculos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.