Governo diz que não irá interferir na eleição da ATM

Secretário Paulo Antunes (acima) diz que governo não irá interferir na eleição da ATM, cujos candidatos são Leonardo Cintra e João Emídio | Fotos: Marcio Vieira / Secom e Divulgação

Secretário Paulo Antunes (acima) diz que governo não irá interferir na eleição da ATM, cujos candidatos são Leonardo Cintra e João Emídio | Fotos: Marcio Vieira / Secom e Divulgação

O governo não vai interferir na disputa eleitoral da As­sociação Tocantinense dos Municípios (ATM), que acontecerá no próximo dia 29. Pelo menos foi o que garantiu o secretário de Relações Institu­cionais, Paulo Sidney Antunes:
“Que vença o candidato que tiver o voto da maioria dos prefeitos. Não vamos intervir no processo eleitoral, até porque temos muitos problemas a resolver no Estado”, argumenta.

Dois nomes brigam pela presidência da instituição: o atual presidente Leonardo Cintra (PSDB) — que encabeça a chapa da situação “O Trabalho continua” — e João Emídio (sem partido) — à frente da chapa “Ação Muni­cipalista”.

Contudo, especula-se que o governo acabe influenciando no processo de alguma maneira, visto que este será um no­vo embate entre os chamados siqueiristas — ligados ao ex-governador Siqueira Campos (PSDB) — e as forças políticas que elegeram o atual governador Marcelo Mi­randa (PMDB). É bem provável que os aliados do peemedebista vençam mais uma disputa, mas será necessário ajuda.

O auxílio será importante, visto que o presidente Leo­nardo Cintra, prefeito de Almas, tem mobilizado as forças políticas em prol de sua releição — tal como fez durante o segundo turno para a Presidência da República, quando Cintra usou a estrutura da entidade para mobilizar prefeitos no apoio ao candidato tucano Aécio Neves.

É certo que o prefeito de Brazilândia quer desbancar a situação. Resta saber se terá forças para tal. Ele tem se encontrado com diversos prefeitos com o intuito de mostrar o que classifica como “boas intenções frente à ATM”. Ele aposta no planejamento, que, segundo ele, é seu maior aliado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.