Governo assina ordem de serviço da nova ponte de Porto Nacional

Estrutura será erguida próxima ao trevo sul da cidade, ligando a TO-050 e a TO-255 e terá 1.488 metros de extensão

Wanderlei Barbosa, governador em exercício | Foto: Gov. Tocantins

Reenquadrado à Lei de Responsabilidade Fiscal, após o equilíbrio das contas públicas, o Tocantins passou a ser visto com mais credibilidade. Os entraves de outrora começam a ser resolvidos e as obras se tornam concretas. Na terça-feira, 01, o Governo autorizou o início das obras da construção da nova ponte de Porto Nacional.

O governador em exercício, Wanderlei Barbosa (PHS), ressaltou a importância da obra da ponte para a economia do Tocantins. “A ponte tem uma importância histórica na economia e desenvolvimento de Porto Nacional e região. Essa obra é esperada há mais de 40 anos, já que apresenta problemas desde o primeiro ano de sua construção. Porto Nacional, e todo o Tocantins, vivem a expectativa da construção da nova ponte, que nunca aconteceu, embora tenha sido anunciada por vários governadores, inclusive com eventos. Desta vez é diferente. O governador Mauro Carlesse tomou a atitude transparente e eficiente que é a construção da nova ponte pela empreiteira Rivoli, que atualmente está desimpedida de qualquer embaraço legal para iniciar as obras. Então, o Governo retoma essa obra histórica de grande importância para a região de Porto Nacional e todo o Estado”, comemorou Barbosa.

A população de Porto Nacional e comunidades do entorno também comemoram  a ação do Governo do Tocantins. A estrutura será erguida próxima ao trevo sul da cidade, ligando a TO-050 e a TO-255 e terá 1.488 m de extensão, sendo 1.088 m de armação de concreto e 400 m de aterro. A licitação ocorreu em 2014, pelo valor inicial de mais de R$ 101 milhões. Uma vez publicada no Diário Oficial do Estado (DOE), a empresa Construtora Rivoli do Brasil – S.P.A, ganhadora da licitação e detentora do contrato, tem cinco dias para iniciar a mobilização e a montagem do canteiro de obras. “O Governo conseguiu os recursos, agora é só reiniciar a obra e entregá-la para a população o mais breve possível”, disse a secretária da Infraestrutura, Juliana Passarin.

 

Antiga ponte

Construída entre os anos de 1976 e 1979, a antiga ponte de 900 metros liga o tráfego da TO-050, pelo trevo da TO-255, com a TO-070 até a BR-153. Em 2011, por causa de danos estruturais, o trânsito pesado foi limitado e atualmente os veículos que ultrapassam 3,5 toneladas de peso não podem usar a estrutura.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.