Fundo árabe estuda investir no Matopiba

Fim de embargo à carne aumenta possibilidade de investimentos agropecuários

Fim de embargo à carne aumenta possibilidade de investimentos agropecuários

Fundado pelo rei da Arábia Saudita, o fundo Saudi Agricultural and Liverstock Investiment (Salic), que recentemente comprou 20% das ações do frigorífico Minerva por R$ 746 milhões, fará visitas técnicas a fronteiras agrícolas brasileiras. Um dos principais focos do grupo é a região do Matopiba, formada por Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia. A “expedição Matopiba” é resultado do convite do Ministério da Agri­cultura, Pecuária e Abas­tecimento (Mapa). Dirigido pelo monarca atual Salman Al-Saud, o grupo pretende expandir seus negócios no Brasil.

A Salic está há alguns meses prospectando negócios no Brasil, sobretudo, em agricultura e alimentos processados. Em abril passado, a gestora árabe firmou parceria com a gigante agrícola de grãos Bunge para investir em agricultura.

Em novembro deste ano, com o fim do embargo à carne bovina aos países árabes, durante visita da ministra da Agricultura, Kátia Abreu (PMDB), à Arábia Saudita, a expectativa dos exportadores brasileiros de carne bovina é de que o comércio exterior se intensifique. O fim do embargo representa abertura não apenas do mercado saudita, mas de todos os países do Golfo. Somente a Arábia Saudita comprou, em 2014, US$ 355 milhões do produto, o que equivale a quase 100 mil toneladas. O valor representa 10% de tudo o que o Brasil exporta em carne bovina, que soma 1,1 milhão de toneladas anualmente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.