O ex-deputado Freire Júnior foi indicado pelo MDB para compor a chapa do pré-candidato ao governo Ronaldo Dimas (PL), no cargo de vice. A indicação consolida a aliança do PL com o MDB.  A indicação foi aprovada em reunião da Executiva realizada na quarta-feira, 20, após encontro com Ronaldo Dimas para oficializar o convite. 

O presidente do Diretório Regional, Marcelo Miranda adianta que a união entre PL e MDB é resultado de debate interno no partido que já vem desde a renovação do diretório. “Já vínhamos conversando com todos os pré-candidatos com exceção do Palácio Araguaia, após o convite do Dimas a Executiva se reuniu e referendou o nome do ex-deputado Freire Júnior, um nome que tem história no partido”, defende o dirigente, que acredita que a indicação fortalece a chapa de Dimas, que segundo ele, tem todas as condições de vencer a eleições, pois está sintonizado com o desejo de mudança do eleitor. 

A opção de aliança com o PL e apoio ao pré-candidato Ronaldo Dimas desagradou à ala dos autênticos que acusa a direção de tomar decisão sem ouvir todos os segmentos do partido. Miranda rebate as críticas sobre transparência do processo e diz que todos foram convidados e convocados. “Respeito a opinião de cada um, mas não há motivo para divergências, o processo foi democrático e bem discutido”, explica Miranda que também se considera um autêntico.   

Perfil 

Freire Júnior é economista, começou a militância política ainda em Goiás, mas foi no Tocantins onde fez carreira política. Foi deputado federal por quatro mandados consecutivos, deputado estadual, tendo ao longo da carreira ocupado vários cargos na administração estadual. Já foi candidato a governador.