Eleição para prefeitura de Sandolândia será no dia 9 de dezembro

Candidatos eleitos serão diplomados até o dia 21 de dezembro

Foto: Reprodução

Após a prefeita de Sandolândia, Silvinha Pereira da Silva (PR), e o vice, Cláudio Pereira de Paula (sem partido), serem cassados pelo Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins (TRE-TO), foi aprovada e divulgada na segunda-feira (12/11), a resolução com a data da nova eleição municipal para escolher prefeito e vice-prefeito, que será realizado no dia 9 de dezembro.

O TRE entendeu que a campanha da chapa foi financiada com recursos de origem não identificada, o que é considerado captação i­lí­cita, uma vez que a prefeita e o vi­ce-prefeito teriam utilizado cerca de R$ 90 mil durante a campanha eleitoral de 2016 sem a devida comprovação legal. Além disso, omitiram o registro de despesas com com­bustível no valor de R$ 1.110,00.

Sandolândia tem 3.041 eleitores divididos em três locais de votação e 15 seções. A eleição será realizada das 8 horas às 17 horas. Os candidatos eleitos serão diplomados até o dia 21 de dezembro para o mandato até 31 de dezembro de 2020.

As convenções para formação de coligações e a escolha de candidatos foram realizadas entre os dias 14 e 15 de novembro. O registro das candidaturas puderam ser feitos até as 19 horas do dia 16 do referido mês.

Conforme o calendário divulgado pelo TRE, o prazo para a propaganda eleitoral se inicia neste sábado (17). A partir do dia 4 de dezembro, nenhum eleitor poderá ser detido ou preso, salvo em caso de flagrante ou condenação criminal.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.