Comissão Especial do Impeachment elege presidente e relator

A presidência ficou com Elenil da Penha (MDB) e a relatoria com o deputado Professor Junior Geo (PROS)

A Comissão Especial do impeachment elegeu, por unanimidade seu presidente e relator. A presidência ficou com Elenil da Penha (MDB) e a relatoria com o deputado Professor Junior Geo (PROS).

Em suas falas, os membros declararam as responsabilidades e comprometimento para com as ações da Comissão. 

“Todos sabemos a responsabilidade que está sobre os nossos ombros. Cumpriremos o nosso dever constitucional, de acordo com as leis pertinentes, seguindo o rito que regulamenta essa tramitação processual. A Comissão será respeitosa, agirá com serenidade, mas com determinação”, destacou Elenil.

“Contaremos com assessoria jurídica durante todo o processo e, com base nesse assessoramento, emitiremos nosso parecer. Fomos eleitos para isso. Não há nenhum tipo de mal estar em relação à pessoa do governador Carlesse, mas à gestão, objeto de denúncias que geraram o impeachment”, disse Geo.

O deputado Olyntho Neto (PSDB) apresentou oito requerimentos. Ele pede aos órgãos envolvidos na investigação o compartilhamento de informações sobre todos os crimes que o governador afastado Mauro Carlesse é citado. “Inclusive os que ocasionaram o afastamento do governador, para que possamos fazer juízo de valor”.

Membros

A comissão ficou composta pelos seguintes nomes: Elenil da Penha (MDB), pelo bloco MDB-DEM; Eduardo do Dertins (PPS), pelo bloco PPS-Cidadania-PR-PTB-PCdoB; Professor Júnior Geo (PROS), pelo bloco (PROS-SD-PSL); Olyntho Neto (PSDB), pelo bloco PSDB-PP-PTC; e o deputado Zé Roberto (PT), pelo bloco PT-PV.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.