Carlesse decide retornar pagamento do funcionalismo para todo dia 1º

Segundo o secretário da Fazenda e Planejamento, Sandro Armando, cortes de despesas realizados pelo governo resultaram em economia de R$ 125 milhões

Carlesse: “O pagamento no dia 1º é resultado dos ajustes” | Washington Luiz / Governo do Tocantins

O governador do Estado do Tocantins, Mauro Carlesse (PHS), anunciou na quarta-feira, 4, que a partir do mês de outubro de 2019, todos os servidores públicos passarão a receber o salário no primeiro dia útil do mês. A comunicação ocorreu durante a reunião com os secretários de estado e presidentes de autarquias realizada no Palácio Araguaia.

“Isso é resultado das medidas de ajustes que tomamos. Foram decisões difíceis, mas necessárias para recuperar a saúde financeira do Estado. Cortamos despesas de todas as naturezas como aluguel de prédios, locação de carros, passagens, diárias, enfim. Tivemos que reduzir a folha de pagamento para buscar o enquadramento do Estado na Lei de Responsabilidade Fiscal. E os resultados estão aparecendo com as obras, com os hospitais funcionando melhor, e para os nossos servidores eu quero dizer que a partir deste próximo mês de outubro, todos irão receber os salários no 1º dia útil de cada mês”, comemorou o governador.

Durante a reunião com seus auxiliares, o titular da Secretaria da Fazenda e Planejamento (Sefaz), Sandro Armando, apresentou números sobre a evolução da arrecadação, como também demonstrou os dados de cortes de despesas realizados pelo governo, que resultaram em uma diminuição de gastos com custeio na ordem de R$ 125 milhões no primeiro semestre. “Todas essas medidas de ajustes foram tomadas porque temos uma meta, o enquadramento do Estado na Lei de Responsabilidade Fiscal. Essa é a meta que é perseguida por nós todos os dias e estamos cada vez mais próximos de conseguir”, afirmou.

Sindicato comemora medida

O presidente do Sindicato dos Servidores Públicos do Tocantins (Sisepe), Cleiton Pinheiro, destacou o empenho do governador de retornar o salário de todos os servidores para o dia 1º. “O anúncio do governador faz com que ele cumpra mais um acordo com o servidor público que é a efetivação do pagamento no primeiro dia 1º de cada mês. Esse é um compromisso que ele tinha com o servidor e ele já vinha conversando há um bom tempo com sindicato”, afirmou.

“Tem duas importâncias fundamentais na decisão. A primeira é que o servidor volta a regularizar sua vida financeira com alguns compromissos que ele tinha como, por exemplo, a data de vencimento de boletos que resultavam no pagamento de juros e multas. Outro ponto é mais específico para o próprio Estado, que deixava de fomentar durante dez dias a economia. Eram dez dias que não circulavam esse dinheiro dentro do nosso mercado interno deixando de gerar impostos e renda para todos os tocantinenses”, destacou o sindicalista.

Indústria e Comércio

O presidente da Presidente da Federação das Associações Comerciais e Empresariais do Tocantins (Faciet), Fabiano do Vale, também aprovou a medida, apontando que a decisão beneficia não só para o servidor, mas também as empresas. “Este dinheiro vai circular no comércio até o dia 5, e um dos problemas do empresário é pagar sua própria folha. Isto faz melhorar o fluxo de caixa para pagar a folha da empresa  em dia”, argumentou o empresário.

Já o presidente da Associação Comercial e Industrial de Palmas (Acipa), Joseph Madeira, disse que recebeu com muito entusiasmo a decisão do governador. “Representa um grande estímulo para nossa economia o pagamento voltando a ser feito no dia 1º. Estimula o aumento das compras, o pagamento dos títulos, dos compromissos”, pontuou o empresário. Ele defendeu as medidas de contenção do Executivo. “Vieram acompanhadas de algumas dores, mas sabíamos os resultados”, comemorou.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.