Carlesse assina proposta de cooperação técnica com a ONU

Parceria visa prevenir a criminalidade e aprimorar a justiça crimina, bem como proporcionar o intercâmbio de informações em outras áreas

Carlesse com os representantes da Ilanud | Foto: Antônio Gonçalves

O governador do Estado do Tocantins, Mauro Carlesse (DEM), assinou na quinta-feira, 5, no Palácio Araguaia, um Memorando de Entendimento, que é uma proposta de Cooperação Técnica, Acadêmica e Científica com o Instituto Latino-Americano das Nações Unidas para Prevenção do Crime e o Tratamento do Delinquente (Ilanud). Entre outras ações, a parceria visa prevenir a criminalidade e aprimorar a justiça criminal no Tocantins, bem como proporcionar o intercâmbio de informações, experiências e de pessoal nos campos de planejamento, administração, gestão, docência, pesquisa, cultura e sustentabilidade.

Para o governador Mauro Carlesse, esse é um grande salto para o Tocantins, que poderá oportunizar, para suas crianças e seus jovens, em uma nova perspectiva de vida. “Sempre procuramos conhecimento e diversas outras ações que pudessem dar oportunidade às nossas crianças e jovens, para que eles possam caminhar com segurança, respeito e dignidade. O Tocantins só tem a agradecer por essa oportunidade de parceria com a Ilanud, que ajudará no desenvolvimento do nosso Estado e dará oportunidade de vida e um futuro melhor às nossas crianças carentes”, destacou o Governador.

Entre as proposições apresentadas, o Governo do Tocantins prestará assistência institucional, técnica, administrativa e financeira para viabilizar operações, serviços, programas, atividades e ações do Comitê Permanente da América Latina para Prevenção do Crime (Coplad), programa do Ilanud, que é intermediado pelo desembargador Marco Villas Boas e será instalado em sede, com espaço físico adequado na capital do Tocantins.

“A nossa intenção é oferecer todo apoio necessário para que haja ações concretas nos projetos, que só será possível graças ao governador Mauro Carlesse, que abriu as portas do Tocantins e que não mede esforços quando se trata da melhoria de qualidade de vida da população”, pontuou o diretor-geral da Escola de Magistratura Tocantinense (Esmat), desembargador Marco Villas Boas.

O Memorando de Entendimento foi assinado pelo governador Mauro Carlesse, e pelo diretor do Ilanud, Douglas Durán Chavarría, tendo como testemunhas o desembargador Marco Villas Boas e o secretário de Estado da Casa Civil, Rolf Vidal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.