Câmara de Palmas rejeita prestação de contas do ex-prefeito Carlos Amastha

Há grande possibilidade de Amastha ter se tornar inelegível

A Câmara Municipal de Palmas rejeitou a prestação de contas consolidadas dos exercícios financeiros 2013 e 2014 do Executivo Municipal. As votações foram nominais e secretas e rejeitou as contas do ex-gestor Carlos Enrique Franco Amastha (PSB).

A prestação de contas tinha pareceres prévios do Tribunal de Contas do Estado pela aprovação e também parecer favorável da Comissão de Finanças da Casa, conforme destacou Filipe Martins (PSDB). “Ressalvo que o relatório que foi feito cumpriu todo o rito necessário. E essa relatoria conclui, com ressalvas, pela aprovação das contas apresentadas e pede aos nobres pares que acompanhem o voto”, concluiu apoiado por Moiseimar Marinho (PDT) e Erivelton Santos (PV) que manifestaram seus votos também a favor. Contudo, por ampla maioria, as contas foram rejeitadas e há grande possibilidade de Amastha ter se tornar inelegível.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.