Saúde de base em Senador Canedo atrai pacientes de outras cidades

Das 24 Unidades Básicas de Saúde (UBSs), 5 foram construídas e 14 reformadas nos últimos três anos e meio

São 5 novas unidades de saúde básica e outras 14 que receberam reformas nos últimos anos | Foto: Renan Accioly

São 5 novas unidades de saúde básica e outras 14 que receberam reformas nos últimos anos | Foto: Renan Accioly

Augusto Diniz

Era pouco mais de 17 horas de quinta-feira, 21, quando Thia­go Amorim Santos, de 24 anos, aguardava em um dos corredores da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Senador Canedo, no Residencial Boa Vista, ser chamado para trocar o curativo do antebraço esquerdo. Ele era um dos poucos pacientes que aguardavam atendimento na UPA naquele horário do dia.

Morador de Senador Canedo, Thiago Amorim, diz nunca ter tido qualquer problema ao ser atendido na cidade | Foto: Renan Accioly

Morador de Senador Canedo, Thiago Amorim, diz nunca ter tido qualquer problema ao ser atendido na cidade | Foto: Renan Accioly

Thiago faz parte de uma realidade de atendimento de saúde básica e de urgência e emergência na cidade que tem média de 81 mil serviços prestados por mês nas 35 unidades de Senador Canedo. Esses 81 mil atendimentos mensais são realizados em 24 Unidades Básicas de Saúde (UBS), uma UPA, um Centro de Especialidades Médi­cas, uma Academia da Saúde, a Maternidade Municipal Aristina Cândida e prontos-socorros.

Com uma estimativa feita pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em 2015 de 100.367 habitantes, Senador Cane­do teria, se cada pessoa procurasse uma unidade de saúde da cidade por mês, 80,7% dos moradores atendidos. Como, e ainda bem, não são todos os moradores que precisam de atendimento médico a cada mês, as UBSs do município, mais conhecidas como PSFs (Programa de Saúde da Família), funcionam sem registro de superlotação ou pessoas sem serem atendidas.

Para se ter uma noção disso, em Aparecida de Goiânia, que tem uma estimativa de população de 521.910 habitantes, de acordo com dados do IBGE, são realizados 360 mil atendimentos por mês em meses como o de junho e julho, quando não são registrados muitos casos de dengue ou outro surto, por exemplo. Isso representaria atender mensalmente 68,97% dos moradores de Aparecida nas 36 UBSs, duas UPAs e dois Centros Integrais de Atendimento à Saúde (Cais).

Demanda de outros municípios

A realidade da saúde de Senador Canedo é a mesma que tem atraído pacientes de outros municípios, inclusive de Goiânia, atrás de atendimento médico na cidade. O esperado é ouvir histórias de pessoas que saem de cidades da Região Metropolitana e chegam à capital na busca por vagas em hospitais e unidades clínicas.

Apenas o Pronto Socorro do Parque Alvorada registrou em março 1,8 mil pacientes que saíram de Goiânia e foram procurar atendimento em Senador Ca­ne­do. Outras unidades, como os prontos-socorros da Vila Galvão e do Jardim das Oliveiras, recebem muitas pessoas de outras cidades, informou a Prefeitura.

Como muitas pessoas passam dados falsos ao dizerem que moram em Senador Canedo, a Secretaria Municipal de Saúde informou que é impossível fechar a conta para saber quantos atendimentos são feitos a pacientes que não são moradores da cidade. “A saúde de Senador Canedo é muito boa, e é o que atrai muita gente de outros municípios para a cá”, diz o secretário de Saúde, Sandro Andriotti.

Ampliação da rede

Na foto, PSF Vila Santa Rosa | Foto: Renan Accioly

PSF Vila Santa Rosa | Foto: Renan Accioly

Das 24 UBSs do município, 14 foram reformadas nos últimos três anos e meio e outras 5 construídas. Uma das novas unidades, que começou a funcionar em 2 de maio, é a UBS do Jardim Paraíso. O horário de funcionamento é o mesmo de outras cidades, das 8 às 17 horas, com atendimentos agendados e serviços básicos de saúde.

Outra estrutura inaugurada este ano foi a da Vila Santa Rosa, que deixou de ser apenas um pronto-socorro e foi transformada em uma Unidade Básica de Saúde. Entregue em 20 de abril, só foi construída após a demolição da antiga estrutura. A capacidade é de atendimento para 200 pessoas por dia, com foco nas 4 mil pessoas que moram na região central de Senador Canedo.

São unidades que contam com médico, odontólogo, enfermeiro, técnicos e agentes de saúde da família, auxiliares de saúde bucal e da família. Os moradores dos bairros Vila Santa Rosa, Con­jun­to Sabiá e Jardim To­dos Os Santos são atendidos pela Unidade Básica de Saúde do Santa Rosa.

Inserida na realidade de atendimento a pacientes que se deslocam de Goiâ­nia para Sena­dor Canedo, a UBS do Jardim das Oliveiras recebeu reforma pa­ra abrigar, em um primeiro mo­mento, o pronto-socorro da região desde 31 de maio.

“A população já vinha sendo atendida, mas em outras unidades. A inauguração e a entrega dessas unidades fizeram com que as pessoas passassem a ser atendidas mais próximas de seus bairros. An­tes elas se deslocavam um pouco mais para ter acesso ao serviço de saúde”, explica o secretário Sandro Andriotti.

No local será construída uma UPA, a segunda da cidade, que contará com aparelho de raio-x, eletrocardiograma, laboratório, consultórios médicos, sala de observação, enfermarias, sala de procedimentos, além da estrutura necessária para realizar o atendimento de urgência e emergência, como existe na Unidade de Pronto Atendimento do Jardim Boa Vista. A obra custará R$ 2 milhões e será custeada com recursos federais e municipais.

“Nossas unidades de saúde conseguem cobrir a necessidade por atendimento de saúde da cidade”, afirma Andriotti.

Diferença de atendimento

A orientação feita pela SMS de Senador Canedo é a de que as pessoas procurem as UBSs quando constatarem sintomas de dor de cabeça, dores na coluna e outro mal-estar prolongado, frebres, viroses, cortes que não sejam profundos. Os outros atendimentos realizados são consultas e pedidos de exames, além de atestados médicos.

As UBSs também oferecem vacinas, aferição de pressão arterial, contam com farmácia e exames básicos.

Já a UPA atende casos de acidentes, quedas, batidas, afogamentos e queimaduras, pacientes com cortes profundos, quando há a necessidade de sutura, dores de cabeça com sintomas de agravamento do quadro clínico, crises hipertensas, infarto, febre alta ou que durem mais de 48 horas.

“É preciso ter o entendimento de que o Pronto Socorro é para atendimento de urgência e emergência, e o tempo que se perde com um paciente simples pode ser necessário para um acidentado que chega”, alerta a coordenadora da UPA, a médica Flávia Mendes Carvalho.
De acordo com o prefeito Mi­sael Oliveira (PSDB), os 180 médicos contratados pelo município são uma referência na Região Me­tro­po­litana, como o maior corpo clínico a serviço da população no Sistema Único de Saúde (SUS) das cidades do entorno da capital.

Outras unidades

PSF São João, em Senador Canedo | Foto: Renan Accioly

PSF São João, em Senador Canedo | Foto: Renan Accioly

Há casos particulares, como a reconstruída UBS da Vila São João, que oferece plantão odontológico das 17h30 às 23h30. Na troca de plantão de funcionários, no final da tarde, o assistente administrativo da unidade, Lucas Nunes, infoma que as segundas e quintas-feiras são os dias da semana em que há mais procura por atendimento.

A unidade conta com psiquiatra, cardiologista, odontólogo e fisioterapeuta. Os dados da Prefeitura são de que 1.032 famílias são atendidas pela UBS da Vila São João. É uma das unidades 24 horas da cidade.

Raio-x digital da UPA do Jardim Boa Vista: mais da precisão nos exames | Foto: Renan Accioly

Raio-x digital da UPA do Jardim Boa Vista: mais da precisão nos exames | Foto: Renan Accioly

Na UPA de Senador Canedo trabalham 38 médicos clínicos, 2 pediatras e 3 ortopedistas. São 20 vagas de enfermaria. A reportagem do Jornal Opção acompanhou o funcionamento da unidade e um atendimento na sala de raio-x da UPA. A paciente brincou que queria ser atendida antes da visita do jornal. Mas seu atendimento foi rápido, nada além de dez minutos de espera.

A máquina de raio-x da unidade foi adquirida ao preço de R$ 500 mil. De acordo com a SMS, é um equipamento que tem mais qualidade de imagem, já que é digital, o que aumenta a precisão do diagnóstico. Segundo a Prefeitura, outras unidades de saúde de Senador Canedo contam com aparelhos de exames por imagem.

Para o secretário de Saúde, a realidade de Senador Canedo na área é melhor do que outras cidades maiores da Região Metro­politana. “Se for comparar com Goiânia e Aparecida de Goiânia, nós estamos à frente deles na qualidade do serviço de saúde. Essa crise que essas cidades enfrentam, hoje nós ainda não temos essa realidade.”

Números

UPA de Senador Canedo realiza 25 mil atendimentos por mês, entre canedenses e pessoas de outras cidades, incluindo da capital e entorno | Foto: Renan Accioly

UPA de Senador Canedo realiza 25 mil atendimentos por mês, entre canedenses e pessoas de outras cidades, incluindo da capital e entorno | Foto: Renan Accioly

Os cerca de 81 mil atendimentos mensais realizados por uma estrutura que conta com 1,3 mil funcionários na Secretaria Municipal de Saúde. As UBSs, mais conhecidas como PSFs, realizam aproximadamente 46 mil atendimentos mensais, tanto médicos quanto clínicos. A Maternidade faz uma média de 2 mil consultas por mês e realiza cerca de 150 partos a cada 30 dias.

Já o Centro de Especiali­da­des Médicas atende aproximadamente 4 mil consultas mensais. Somente a UPA é responsável por 25 mil atendimentos por mês em Senador Canedo.

A SMS ainda conta com três programas que também realizam assistência e atendimento de saúde à população. O primeiro deles é o Melhor em Casa, destinado a pacientes acamados que estão impedidos por doenças graves ou uso de sonda a ir até a unidade médica para receber atendimento. Equipes multiprofissionais realizam esse serviço na casa do paciente.

A Academia da Saúde, que faz promoção e prevenção de doenças através de atividades com equipe formada por fisioterapeutas, educadores físicos e outros profissionais, é destinada a toda a população de Senador Canedo. O programa realiza cerca de 4 mil atendimentos por mês.

Ainda há o programa Saúde em Casa, feito unicamente com recursos municipais, que entrega em casa medicamentos de uso contínuo e controlado, como psicotrópicos, e atende aproximadamente 6,3 mil pessoas mensalmente.

Paciente e fiscalizador

Secretário de Saúde, Sandro Andriotti diz que prefere ser atendido pela rede municipal de Senador Canedo, mesmo tendo convênio | Foto: Renan Accioly

Secretário de Saúde, Sandro Andriotti diz que prefere ser atendido pela rede municipal de Senador Canedo, mesmo tendo convênio | Foto: Renan Accioly

Há menos de sete meses na pasta, o secretário municipal de Saúde assumiu a gestão das unidades de Senador Canedo em janeiro. Sandro Andriotti informa que tem acompanhado de perto o funcionamento e o serviço de saúde prestado à população.

“Mesmo eu tendo convênio, uso o serviço e não me identifico como secretário para ser atendido como um usuário qualquer. E eu não tenho o que reclamar do atendimento, desde o encaminhamento até a finalização nas unidades. E percebo que até casos de demora estão dentro do aceitável. A saúde de Senador Canedo é muito boa.”

Alta complexidade

Como acontece em outros municípios, como Aparecida de Goiânia, que tem previsão de entregar o Hospital Municipal em outubro, os pacientes considerados de atendimento de alta complexidade são encaminhados para Goiânia. São os casos que necessitam de cirurgias mais complexas.

E é esse o caso de Thiago, que disse sempre ter sido bem atendido nas unidades de saúde de Senador Canedo. Quando foi vítima de um assalto, ele teve os tendões e nervos lesionados. Após procurar atendimento na cidade, passou por triagem e foi encaminhado ao Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo) para iniciar o tratamento com cirurgia para recuperar os movimentos dos dedos da mão esquerda.

Era pouco mais de 17h20 quando a equipe do Jornal Opção deixou a UPA de Senador Canedo. Thiago continuava no local para cuidar dos ferimentos. Ele é mais um dos 25 mil pacientes atendidos por mês na UPA do Jardim Boa Vista. A maioria de Senador Canedo. Mesmo que não seja possível saber o número de pacientes que chegam de outras cidades.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.