Empresários destacam importância do Jornal Opção no desenvolvimento de Goiás

Mulheres e homens de negócios, líderes e presidentes de entidades de classe ligados ao setor produtivo atestam que semanário exerce papel fundamental na discussão dos principais temas da economia goiana e do País

Frederico Vitor

Ao analisar a história e a linha editorial do Jornal Opção é possível perceber que o conteúdo relacionado à economia sempre teve destaque especial no semanário que completará 40 anos de existência no dia 21 deste mês. Ao partir da ideia de que o papel do jornalismo é o de contribuir para impulsionar o crescimento econômico e o desenvolvimento, fazendo análises, emitindo sugestões e esclarecendo a realidade econômica do Estado e do País, desde seus primórdios, o veículo fundado pelo jornalista Herbert de Moraes mantém atenção especial aos assuntos de interesse do setor produtivo.

Por ser um veículo alternativo, que prima pelo exame acurado dos fatos políticos, sociais e econômicos, a leitura do Jornal Opção é obrigatória por parte de um importante segmento da sociedade: a classe empresarial e seus representantes. O semanário é apreciado por estes leitores não apenas por reportar os principais acontecimentos ligados à área da economia. O veículo vai além: aprofunda os fatos, levanta questionamentos, elenca problemas e aponta soluções.

Nessas quatro décadas de existência, os principais personagens do mundo empresarial, líderes e presidentes de entidades de classe reconhecem a importância do Jornal Opção. Os empresários deram seu depoimento e foram unânimes ao ressaltarem que, ao longo dos anos, o veículo se mantém aberto ao debate dos principais temas que pautam a economia goiana e brasileira.

De acordo com os industriais, comerciários e agropecuaristas ouvidos, o veículo é muito mais que um simples aliado dos que contribuem para o desenvolvimento de Goiás. Se o Estado atualmente perfila entre as dez maiores economias do Brasil, para a classe produtiva não há dúvida de que o semanário tem importante parcela de contribuição como agente promotor das potencialidades da classe produtiva goiana. Os empresários atestam: não houve nenhuma discussão importante da área econômica, nesses últimos 40 anos, que o Jornal Opção não abordasse com imparcialidade e credibilidade.

José Evaristo dos Santos: “Semanário tem um viés que cativa o leitor”

Divulgação

Divulgação

Empresário desde 1966, o presidente da Federação do Co­mércio do Estado de Goiás (Fe­comércio), José Evaristo dos Santos, afirma que 40 anos de existência de uma em­presa representam o somatório de ex­periências, aprendizado e trabalho árduo. Ele afirma que viu o Jornal Opção ser criado, crescer em volume e conteúdo e manter-se firme ante as intempéries.

Segundo José Evaristo, o semanário se apresenta como um diferencial na imprensa goiana, uma publicação que oferece a seus leitores informação de qualidade e prioriza sempre as análises aprofundadas dos temas abordados. “Trata-se de um veículo sério, comprometido com a realidade”, diz.

O líder classista, que é ex-presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Goiânia e do Sindicato do Comércio Varejista do Estado de Goiás (Sindilojas), ressalta que por meio de um planejamento adequado foi possibilitado ao Jornal Opção ter sempre um viés com um algo mais, que cativa o leitor.

“Nossos cumprimentos a esta empresa que soube estar à frente de seu tempo e manter-se além do trivial, descompromissada das amarras governamentais, tendo, sobretudo, o interesse social de informar bem a sociedade”, afirma o líder classista.

 

Helenir Queiroz: “É um jornal que prima pela profundidade da análise”

Divulgação

Divulgação

A primeira mulher integrante do Fórum Empresarial de Goiás e a presidir a Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Goiás (Acieg), Helenir Queiroz afirma que o Jornal Opção é um dos órgãos de imprensa pioneiros em mudar sua plataforma web, fato importante que deu maior envergadura e alcance à publicação.

Integrante do Conselho de Administração na Acttive Software, empresa do ramo de soluções em tecnologia, ela diz que outra característica interessante do Jornal Opção são as reportagens e entrevistas que primam pela profundidade da análise. “Ao ler, observamos que houve estudo e dedicação para produzir o material. Leio com muito prazer porque percebo a seriedade”, diz.

 

Pedro Alves de Oliveira: “Jornal Opção vem aperfeiçoando o conteúdo de suas páginas”

Reprodução

Reprodução

O presidente da Federação das Indústrias do Estado de Goiás (Fieg), Pedro Alves de Oliveira, afirma que o Jornal Opção vem aperfeiçoando cada vez mais o conteúdo de suas páginas e, ao completar 40 anos de existência, reforça que está no caminho certo, do jornalismo comprometido com a qualidade da informação.

Segundo ele, que é empresário há mais de 40 anos, o jornalismo feito pelo semanário tem importante papel social ao interpretar e traduzir informações, que vão além da transcrição dos dados ou o simples relato dos fatos. “Além da edição semanal, a equipe, liderada por experientes editores, se dedica diariamente ao site, que já se tornou uma referência. Parabéns pelos 40 anos e pelo jornalismo que nos faz pensar”, afirma.

 

Hugo Goldfeld: “O jornal nos ajuda a tomar as decisões certas nos negócios”

Foto: Fernando Leite

Foto: Fernando Leite

O presidente da Sociedade Goiana de Pecuária e Agricultura (SGPA), Hugo Goldfeld, afirma que a qualidade do Jornal Opção é tão notável que as informações auxiliam o empresariado e os produtores rurais a tomarem decisões acertadas nos negócios. Produtor rural, ele também é concessionário da Toyota em Uberaba (MG) e em Ribeirão Preto (SP), além de sócio da concessionária e construtora Govesa, em Goiânia. Ele se diz um leitor assíduo do semanário desde sua fundação, em 1975.

Hugo Goldfeld foi secretário estadual da Indústria e Comércio no governo de Irapuan Costa Junior, portanto, acompanhou o nascimento do semanário, época em que o Jornal Opção procurava se consolidar como uma publicação de análise dos fatos, em especial dos acontecimentos políticos, culturais e econômicos do Estado. “Sem as informações e análises bem feitas do Jornal Opção ficaria muito difícil planejar nossa vida empresarial”, afirma.

 

Igor Montenegro: “Publicação abre espaço para temas além da política”

Foto: Fernando Leite

Foto: Fernando Leite

O diretor superintendente do Sebrae Goiás, Igor Montenegro, afirma que os pequenos negócios, o empreendedorismo e a cultura empreendedora têm conquistado cada vez mais espaço nos veículos de comunicação. Segundo ele, no Jornal Opção não é diferente e ele ressalta o espaço que a publicação dá às pequenas empresas, o segmento que mais gera emprego, distribui renda produtiva na economia formal e abre portas para o primeiro emprego da população. “Em Goiás, temos acompanhado a inserção de pautas sobre empreendedorismo, de forma ampla e educativa, com histórias de empresários que investiram no próprio negócio”, afirma.

“O Sebrae Goiás parabeniza o Jornal Opção, ao completar 40 anos, por abrir espaço para temas como estes, que vão além da política. Seus cadernos de cultura e economia e suas colunas nos informam sobre temas pulsantes de nossa sociedade. Que venham outros anos de vida e que a equipe deste jornal continue valorizando seus leitores de forma arrojada e comprometida com a verdade.”

 

José Mário Schreiner: “Trata-se de um periódico com pluralidade de ideias”

Foto: Alexandre Cerqueira

Foto: Alexandre Cerqueira

O presidente da Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás (Faeg), José Mário Schreiner, afirma que o Jornal Opção é um periódico com pluralidade de ideias que aborda as mais variadas pautas de interesse do produtor rural goiano. Segundo ele, a Faeg e o Serviço Nacional de Aprendiza­gem Rural de Goiás (Senar-GO) fazem parte dessa história de sucesso editorial, levando em consideração que várias manchetes do semanário, ao longo dos últimos 40 anos, abordaram assuntos relacionados ao agronegócio.

José Mário Schreiner, um produtor rural catarinense que venceu na vida ao semear o solo fértil de Mineiros, argumenta que levar informações sobre os assuntos do campo aos segmentos urbanos da sociedade é de suma importância para a classe a qual lidera.

O presidente da Faeg argumenta que o agronegócio tem potencial para alavancar a debilitada economia brasileira, por isso, defende que a população, sobretudo a goiana, precisa ser informada sobre este aspecto, de preferência por veículos como o Jornal Opção que, em sua visão, está empenhado na verdade dos fatos. “Que venham mais 40 anos de sucesso e comprometimento com as causas do produtor rural”, diz.

 

William O’Dwyer: “Opção é um jornal de credibilidade”

Foto: Fernando Leite

Foto: Fernando Leite

O superintendente executivo de Co­mér­cio Exterior da Secretaria Estadual de Desenvolvimento (SED), William O’Dwyer, afirma que o Jornal Opção, nesses 40 anos, se estabeleceu como uma publicação referencial no meio empresarial de Goiás, por trazer a seus leitores informações precisas sobre política e economia.

Ele, que é empresário e sócio da Anadiesel, concessionária Mercedes-Benz em Anápolis, e cônsul honorário da Alemanha em Goiás, diz que, para o setor produtivo, é importante se abastecer de notícias apuradas e analisadas criteriosamente pelo semanário. Para William O’Dwyer, o semanário exerce papel de primordial importância na comunicação no Estado por propiciar segurança e reflexão aos empresários na hora de fecharem negócios. “É um jornal de credibilidade e vejo-o como fonte de notícias verídicas e com fundamentos”, atesta.

“No governo consigo enxergar a importância do Jornal Opção, no conceito e na formação de opinião. O semanário aposta na análise dos fatos e encanta por seu excelente caderno cultural, com parte histórica e informativa. Os artigos do meu amigo Edgar Welzel, em sua coluna Cartas da Europa, são primorosos em retratar a realidade política, econômica e social da Europa. O grande legado que o Jornal Opção deixa ao longo destes 40 anos é a credibilidade da notícia e a análise criteriosa”, afirma.

 

Luiz Medeiros: “É um jornal decisivo no desenvolvimento econômico do Estado”

Reprodução

Reprodução

O superintendente de Comércio Exterior da Secretaria Estadual de Desenvolvimento (SED), Luiz Medeiros, afirma que o Jornal Opção tem uma história editorial que provoca reações extremamente necessárias ao desempenho empresarial de Goiás e do próprio governo.
Segundo o empresário, que presidiu a Associação Comercial e Industrial de Anápolis (Acia), o semanário é um dos jornais que sabem movimentar a política no sentido de fortalecer o desenvolvimento econômico do Estado, seja na indústria, agropecuária ou comércio.

“É leitura obrigatória para qualquer empresário e produtor rural. O Jornal Opção é um veículo com grande isenção e boas críticas. O semanário tem nos ajudado muito, principalmente na promoção da economia do Estado e, em especial, da cidade de Anápolis”, afirma.

 

Euclides Siqueira: “Um semanário isento e atento às questões do comércio”

Reprodução

Reprodução

O novo presidente da Acieg, Euclides Siqueira, tal como a antecessora Helenir Quei­roz, reconhece no Jornal Opção um semanário isento que debate de forma séria as questões relacionadas ao comércio. Segundo ele, todas as pautas de interesse do setor produtivo, como os sucessivos aumentos abusivos da carga tributária, sempre ganharam espaços para discussões nas páginas da publicação.

De acordo com Euclides Si­quei­ra, o veículo é de suma importância por informar a sociedade, com análises acuradas e bem produzidas da realidade vivida pelos empresários. “Ressalto que o Jornal Opção consegue expor à sociedade as dificuldades vividas pelo setor produtivo. A publicação não apenas mostra os problemas, mas também aponta soluções práticas”, afirma.

 

Ridoval Chiareloto: “Veículo que esbanja seriedade e credibilidade”

Reprodução

Reprodução

O presidente da Goiasindustrial, Ridoval Chiareloto, afirma que o Jornal Opção é um veículo que esbanja seriedade e credibilidade, que sempre priorizou o rigor e o critério nas apurações dos fatos. O empresário anapolino diz que o Jornal Opção é leitura obrigatória dos empresários aos domingos, ressaltando que as pautas relacionadas à economia são de suma importância no debate que a classe empresarial trava com o governo.

“O Jornal Opção presta um grande serviço para Goiás, como propagador do dinamismo de nossa economia e porta-voz das demandas da classe produtiva. São 40 anos de grande prestígio junto à classe industrial goiana”, afirma.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.