Economia Criativa: um jeito de empreender inovando

A recente startup Diminuto nasceu de três jovens goianos e já leva literatura a mais de 900 usuários

Dos livros para a tela do celular: a startup Diminuto espalha literatura colaborativa para os diversos cantos de Goiânia / Foto: Silvio Simões

Dos livros para a tela do celular: a startup Diminuto espalha literatura colaborativa para os diversos cantos de Goiânia / Foto: Silvio Simões

Yago Rodrigues Alvim

“Um dia, por deslize, escorregou numa casca de manga e caiu com tudo no chão. Ainda estatelada na calçada, ela viu de ponta-cabeça a meninada toda da rua se revirando, as mãozinhas lambrecadas de amarelo e riso. Atra­vessou a rua no lugar errado. Foi viver.”
“Amarelo Manga”, de Deborah Gouthier

Por vergonha ou por não caber nos livros, blogs, ou qualquer plataforma. Mais certeiro palpite, pela frase “eu sempre escrevi”, ela, Déborah Gouthier, escorregou numa ideia e viu palavras lambrecadas de aquarela e prosperidade. Entrelaçada a Lucas Garcia e Isabella Gouthier, deu vida ao Diminuto, uma startup que promove leitura e escrita.

Os dias correm mais rápidos. As odisseias perderam lugar para livros de bolso, as ligações para mensagens instantâneas, os doces no tacho para bombons embalados. Aproveitar a contemporaneidade, às vezes, é driblar a fila de espera planejando agendas, fotografar com a lente dos óculos pela janela do carro, é se encontrar no que foi e no que pode ser. A palavra “inovação” propõe criatividade, inventividade, propõe existenciar novidades. E não há lugar melhor que o mundo imaginário da escrita. O Diminuto é isso.

A novidade, que vem dos dias cheios, das reminiscências entre uma noite e outra, é um lugar atual em que não só os textos de Gouthier se promovem, saem das caixolas ou das gavetas abarrotadas, das pastas esquecidas no driver D e chegam à tela dos telefones. Diminuto propõe escrita colaborativa. No passo a passo, basta baixar o aplicativo, gratuitamente, para o mobile, seja Android ou iOS, fazer um cadastro de cinco segundos, informando nome e e-mail. Isso já é um ritual antigo. Ali, a startup se arrisca transformando tecnologia em arte: “Não é porque está em meu celular e não no livro, que deixa de ser literatura, deixa de ser um texto bom”.

O aplicativo soprou velinhas de um mês. Na festa, mais de 900 convidados apareceram e se embriagaram com 300 minicontos aprovados. Na curadoria, Gou­thier que deixou no limbo, algumas poesias e crônicas. Ela que dá passe verde para os textos. Quando um dos convidados (ou “jornalisticamente” falando, os usuários do aplicativo) se aventura na escrita, o texto é aprovado com alguns critérios.

O primeiro: tem que ser um conto. O gênero literário é requisito tênue. Às vezes, uma crônica se disfarça de conto ou um conto se disfarça de crônica e entra de penetra na festa. O segundo critério é a qualidade textual. O gosto pessoal levou Gouthier a convidar alguns curadores para melhor avaliarem os textos escritos e inscritos no aplicativo. O último critério é inquestionável: textos grandões estão fora. Ali, só cabem textos diminutos, com até 750 caracteres.

Escreve o miniconto, bota um título de enfeite (ou ao contrário), escolhe até duas tags e é só esperar um e-mail de aceito: “Seu miniconto está dentro”. Se não, é porque ganhou cartão vermelho. Aí, é só tentar outra vez. Gouthier prima pelo incentivo à escrita. “Não é porque uma pessoa não aprovou um conto, que ela não aprovará sempre”.

Perseverança é algo básico, até mesmo para eles que empreendem um caminho incerto. “Nos­so foco é consolidar o que já temos. Pensando como empre­endedores, não podemos empolgar e querer criar mil aplicativos. Precisamos ter foco e ter certeza que o produto funciona como propusemos para, depois, investir em um Diminuto Poemas, quem sabe”, pondera.

O Diminuto foi feito por seis mãos. As da jornalista Gouthier, do engenheiro de computação Lucas e as da designer gráfica Isabella. Lucas é o responsável por toda engenhoca tecnológica. Ele que programatizou as ideias e as botou na tela. Isa­bella trabalhou a parte visual e propôs um layout com diversos critérios do design, com legibilidade a visualidade clean. Por fim, um par de mãos a mais deu um charme, toque final. Brenda de Oliveira decorou as letrinhas com ilustrações aquareladas.

Há dois anos, Gouthier e Lucas frequentam a casa de várias startups goianas: a PontoGet Cowor­king. As ideias foram clareando. Até que ganhou forma em setembro depois de um percurso amparado pelo Fundo de Arte e Cultura de Goiás e pela seccional do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae-GO). O projeto foi aprovado pelo Fundo, angariando R$ 30 mil para pô-lo em funcionamento. Em marca-texto, o projeto agraciado é de tecnologia. O subtítulo “doses de literatura, imaginação e cultura” destaca uma mistura encorajada pelo Estado – que vale considerar. Ainda que envolva escarceis, ponto auges entre artistas e governo, a cidade pulsa e algumas ideias têm modificado o cotidiano goiano.

Do Sebrae, as articulações com consultorias em inovação, destacando as conversas com o gestor em inovação, Francisco Lima Júnior, e participação em eventos desdobraram, para Gouthier, Lucas e Isabella, as possibilidades de se trabalhar com economia criativa. E não para por aí. Essa semana, suas agendas estão recheadas de atividades da Semana da Inovação, proposta pelo Sebrae.

Semana da Inovação valoriza empreendedorismo criativo em todo o Estado
Eduardo Tevah, Juliano Kimura e Gil Giardelli são os três convidados especiais desta Semana da Inovação / Fotos: arquivo pessoal

Eduardo Tevah, Juliano Kimura e Gil Giardelli são os três convidados especiais desta Semana da Inovação / Fotos: arquivo pessoal

Anápolis, Aparecida de Goiâ­nia, Caçu, Ceres, Corumbaíba, Goia­tuba, Goiânia, Inhumas, Iporá, Itumbiara, Jataí, Jaraguá, Mambaí, Rio Verde, Santa Helena, Senador Canedo, Trindade e Vianópolis. São eles os 18 municípios que receberão, a partir de amanhã, as atividades da Semana da Inovação. O objetivo do Sebrae-GO, que realiza o evento, é aproximar empreendedores como Déborah Gouthier, Lucas Garcia e Isabella Gouthier, e mostrar que é possível inovar, empreender criativamente em qualquer empresa.

“Mais de 100 horas em 40 atividades sobre inovação e tecnologia serão oferecidos ao público de pequenos negócios e de microempresas durante a Semana da Inovação. Essa ação tem parceiros fundamentais para incrementar o desenvolvimento dos pequenos negócios em Goiás”, afirma o Diretor superintendente do Sebrae Goiás, Manoel Xavier Ferreira Filho.

Seminários, palestras, capacitação tecnológica, clínica tecnológica, mutirão tecnológico e oficinas são os recheios do evento que integra a Semana Nacional de Ciência e Tec­nologia, coordenada pelo Minis­tério da Ciência, Tecnologia e Ino­vação (MCTI). Mais amplamente, a Semana Nacional conflui diversas realizações, em todo país, em prol da valorização e difusão do conhecimento científico e tecnológico. “Nós também temos como pares as Associações Comerciais e Industriais, as Câmaras de Dirigentes Lojistas, Sindicatos Rurais e instituições de apoio à pesquisa e de ensino superior presentes nos diversos municípios”, acrescenta Manoel.

Juntamente com as demais entidades do Sistema S, universidades, fundações e prefeituras, o Sebrae é parceiro do Ministério. Seu Mu­tirão Tecnológico propõe uma rodada de soluções, conhecidas como Sebraetec. As empresas credenciadas ao programa apresentarão aos empreendedores suas soluções, de acordo com as principais demandas de cada município. A novidade “16×16 Empreendedoris­mo e Gestão”, organizado pela Escola de Criatividade do Paraná, traz para Goiás oito empresários de destaque, ligados a áreas variadas. Entre um e outro momento lúdico, eles terão 16 minutos para contar suas experiências marcantes de criatividade ou de resolução de problemas em seus negócios.

A equipe Sebrae de técnicos, consultores e instrutores, bem como educadores e orientadores de renome nacional e internacional vão realizar as ações do evento. O objetivo é proporcionar capacitação, conhecimento e acessibilidade aos temas da inovação e tecnologia para os empresários de micro e pequenas empresas e empreendedores individuais, bem como aos demais interessados em investir no próprio negócio.

O administrador de empresas e especialista de vendas Eduardo Tevah, o consultor do Facebook Juliano Kimura e o estudioso de Cultura Digital e professor Gil Giardelli são os convidados especiais da Semana da Inovação. Eduardo Tevah proferia sobre o tema “Inovando suas Vendas para o Natal”, nos municípios de Aparecida de Goiânia, Trindade, Senador Canedo e Inhumas. O consultor Juliano Kimura ministrará a palestra “Facebook Empresa­rial”. Ele mostrará que a rede social não é voltada apenas para contar histórias pessoais, mas também para as empresas. Giardelli é o responsável pelo seminário “Inovação Radical e as Grandes Oportuni­dades para as Micro e Pequenas Empresas”.

A seccional goiana tem redobrado seus esforços, ao lado de outras instituições e órgãos oferecendo um melhor ambiente para o surgimento e o desenvolvimento das microempresas no Estado. “Atenderemos as demandas que nos forem apresentadas, pertinentes aos pequenos negócios, bem como, ofereceremos soluções adequadas para esse segmento”, acrescenta. O público interessado pode obter mais informações e se inscrever pela Central de Relacionamento do Serviço no número 0800 570 0800. A Semana da Inovação segue até o dia 22 de outubro.

CALENDÁRIO GERAL SEMANA DA INOVAÇÃO 2014

13 de outubro 
MAMBAÍ Seminário “Inovação, cooperação e criatividade para o desenvolvimento dos turismo” – Karina Zapata – 19h00
CAÇU Rodada Sebraetec (Design, Gerenciamento de Resíduos Sólidos, 5 Menos que são Mais, Eficiência Energética, Alimento Seguro) – 19h00
JATAÍ Seminário “Inovação e desenvolvimento social” – Juliana Proserpio – 19h30
INHUMAS Clínica Tecnológica “Como tornar sua loja mais atrativa para o cliente” – 08h00
INHUMAS Clínica Tecnológica “Como tornar sua loja mais atrativa para o cliente” – 18h00
SENADOR CANEDO Seminário “Inovando suas vendas para o Natal” – Eduardo Tevah – 19h30

14 de outubro
RIO VERDE Rodada Sebraetec (Design, Gerenciamento de Resíduos Sólidos, 5 Menos que são Mais, Eficiência Energética, Alimento Seguro) – 19h00
VIANÓPOLIS Seminário “Inovação radical e as grandes oportunidades para as micro e pequenas empresas” – Gil Giardelli – 19h00
CERES Rodada Sebraetec (Identidade Visual, Gestão da Marca, E-commerce, Design de Ambientes, Marcas e Patentes) – 19h00
ITUMBIARA Seminário “Inovar para crescer” – José Rafael  – 19h00
INHUMAS Clínica Tecnológica “Como tornar sua loja mais atrativa para o cliente” – 08h00
INHUMAS Clínica Tecnológica “Como tornar sua loja mais atrativa para o cliente” – 18h00
GOIÂNIA Capacitação Tecnológica “Inovação em Design como diferencial competitivo para as empresas” – 08h00
TRINDADE Seminário “Inovando suas vendas para o Natal” – Eduardo Tevah – 19h30

15 de outubro
IPORÁ Seminário “Como aumentar seus lucros inovando” – Daniel Bizon – 19h30
JATAÍ Seminário “Economia Criativa, Inovação e Desenvolvimento Social” – Décio Coutinho – 19h30
INHUMAS Capacitação Tecnológica “Inovação em Design como diferencial competitivo para empresas” – 08h00
INHUMAS Capacitação Tecnológica “Inovação em Design como diferencial competitivo para empresas” – 18h00
GOIÂNIA Capacitação Tecnológica “Segurança Alimentar – Qualidade à mesa para seus clientes” – 08h00
INHUMAS Seminário “Inovando suas vendas para o Natal” – Eduardo Tevah – 19h30

16 de outubro
CORUMBAÍBA Semiário “Inovando para vender mais” – Flávio Rosário – 19h00
SANTA HELENA Rodada Sebraetec (Design, Gerenciamento de Resíduos Sólidos, 5 Menos que são Mais, Eficiência Energética, Alimento Seguro) – 19h00
JARÁGUA Rodada Sebraetec (Identidade Visual, Gestão da Marca, E-commerce, Design de Ambientes, Marcas e Patentes) – 19h00
GOIATUBA Rodada Sebraetec (Layout, Identidade Visual, Boas práticas de fabricação) – 19h00
JATAÍ Caso de Sucesso sobre Desenvolvimento Social – Luciana Balbino – 19h30
JATAÍ Seminário: “Política públicas estaduais aplicadas ao desenvolvimento do Sudoeste Goiano” – Aline Figlioli – 21h00
GOIÂNIA Capacitação Tecnológica “Design e Layout de interiores” –  08h00
GOIÂNIA Clínica Tecnológica “A importânica da internet para os pequenos negócios” – 18h00
GOIÂNIA Workshop 16×16: Criatividade, Inovação e Empreendedorismo – Histórias de quem faz acontecer – 16h30

17 de outubro
ANÁPOLIS Rodada Sebraetec (Melhoria de Processos, Eficiência Energética, Identidade Visual, Layout e Marketing Digital) – 8h30

21 de outubro
SENADOR CANEDO Seminário “Inovando suas vendas para o Natal” – Eduardo Tevah – 19h30
TRINDADE Clínica Tecnológica “Como tornar sua loja mais atrativa para o cliente” – 08h00
TRINDADE Clínica Tecnológica “Como tornar sua loja mais atrativa para o cliente”- 18h00

22 de outubro
TRINDADE Clínica Tecnológica “Como tornar sua loja mais atrativa para o cliente” – 08h00
TRINDADE Clínica Tecnológica “Como tornar sua loja mais atrativa para o cliente” – 18h00
APARECIDA DE GOIÂNIA Seminário “Inovando suas vendas para o Natal” – Eduardo Tevah – 19h30

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.