A minuta da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) da Transição para tentar manter o Auxílio Brasil em R$ 600, pode ser apresentada nesta quinta-feira, 10, ao Congresso Nacional. A confirmação foi feita pelo presidente eleito, Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Além disso, a proposta pretende retornar o nome de Bolsa Família e dar aumento real do salário mínimo.

Em uma breve conversa com a imprensa, Lula afirmou que: “Vai sair. Talvez saia hoje”. O petista esteve no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), sede da transição de governo, na manhã desta quinta. Lá, ele se reuniu com parlamentares de 14 partidos.

A aproximação de Lula com deputados e senadores tem como objetivo ampliar a base do futuro governo no Congresso Nacional. Nas reuniões, a pauta é a articulação para aprovar a PEC da Transição.

O novo governo corre contra o tempo para que o texto seja aprovado neste ano. Aliados do petista têm preferências pela PEC. Isso porque, há outra alternativa que é a medida provisória, que pode abrir crédito extraordinário para cumprir as promessas a partir de 2023.