Na tarde deste sábado, 6, os investigadores da Polícia Civil de Águas Lindas de Goiás localizaram o corpo do policial penal José Françualdo Leite Nobrega, de 36 anos, que estava desaparecido desde 28 de novembro de 2023. Os restos mortais foram encontrados nas proximidades do município de Padre Bernardo (GO), em uma área de mata.

Nobrega desapareceu enquanto se dirigia de Águas Lindas de Goiás a Brasília. Segundo um irmão do policial penal, pelo menos cinco suspeitos foram responsáveis pela morte de Nobrega, sendo que dois deles confessaram o crime e conduziram a polícia até o local do corpo, conforme relatado pelo familiar. Há suspeitas de que os envolvidos fossem funcionários de Nobrega, que, além de policial penal, administrava uma empresa de locação de materiais.

O policial atuava no presídio de Santo Antônio do Descoberto (GO) e desapareceu após deixar sua residência em Águas Lindas (GO). Um dia depois, familiares encontraram seu veículo, uma camionete preta, totalmente carbonizada em uma região de mata no Paranoá. O desaparecimento foi reportado à 6ª Delegacia do Paranoá, que liderou as investigações.

As autoridades do Distrito Federal tiveram acesso às imagens que mostram o veículo de Nobrega circulando pelas avenidas do Paranoá antes de ser incendiado. O veículo foi periciado e removido para o pátio da delegacia. Na época, a análise não revelou pistas sobre o paradeiro do homem.

Durante a semana do desaparecimento, a família ofereceu uma recompensa de R$ 50 mil por informações sobre José. A polícia recebeu diversas denúncias, e os agentes realizaram varreduras em diversos endereços na região do Distrito Federal.

Leia mais: