A recusa de Nero de “encarnar” num político brasileiro

No centro espírito, o marceneiro Zé Henrique Carraspana presencia uma discussão entre um médium e o célebre incendiário de Roma

Carlos da Silva Jr.

Escorado numa pilastra, o marceneiro Zé Henrique Carraspana ouve, num centro espírita, um diálogo inusitado. O espírito de Nero, rebelado, se recusa a encanar num político brasileiro dos mais famosos e poderosos.

Confusão armada, com agitos e gritos, Nero vocifera:

Neste não entro nem que a vaca tussa em latim.

O médium dizia, já nervoso.

Moço, entra logo no homem para o bem dos brasileiros, que querem ser vacinados com urgência. É uma questão de sobreviver ou morrer.

Nero inquire:

Mas não tem uma pessoa melhor?

O médium replica:

Até tem. Mas você tem de entrar no homem que estamos recomendando. Talvez ele melhore.

Irritado com aquela converseira sem resolução, Zé Carraspana pergunta:

Minha gente colorida deste Brasil varonil, Nero, afinal, não quer “entrar” em quem?

Nero e o médium respondem juntos:

Em Jair Bolsonaro.

Zé Carraspana tirou a rolha da garrafa, bebeu mais um golinho e diz:

Mas neste nem eu, que estou mais pra lá do que pra cá, quero entrar.

Carlos da Silva Jr., o Zero 666, é cronista bissexto e inédito.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.