A revista americana Time elegeu nesta quarta-feira, 07, o presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, como a Pessoa do Ano de 2022. De acordo com a publicação, o chefe de Estado ucraniano foi um “líder de sucesso durante tempos de guerra que confiou no fato de que a coragem é contagiante”. O “espírito da Ucrânia” também recebeu destaque na premiação do veículo.

“(A coragem) se espalhou pela liderança política da Ucrânia durante os primeiros dias de invasão, quando o presidente optou em permanecer no país”, disse o texto da Time, publicado nesta manhã. “Se isso parece natural para um líder fazer em uma crise, considere o precedente histórico”, completou.

A publicação ainda trouxe exemplos de outros líderes que optaram por fugir durante uma situação de conflito, como o presidente do Afeganistão, Ashraf Ghani, que deixou Kaboul após a invasão do Talibã. Ou o ex-premiê da Ucrânia Viktor Yanukovych, que fugiu de Kyiv para a Rússia quando manifestantes se aproximaram da sua residência, em 2014.