A presidente do Conselho da Sinagoga Isaac Agree Downtown, em Detroit, nos Estados Unidos, Samantha Woll, foi encontrada morta na porta de casa no último sábado, 21. Segundo a polícia, o corpo tinha sinais de esfaqueamento. No entanto, ainda não se sabe o que motivou o homicídio.

Segundo informações do jornal Detroit Free Press, o corpo de Samanta deixou um rastro de sangue no bairro Lafayette Park, onde a vítima morava. A suspeita é que ela teria sido morta dentro de casa.

Ao jornal local, o prefeito de Detroit descreveu Samantha como uma das principais lideranças jovens da cidade. “Há poucas semanas, compartilhei um dia de alegria com Sam na inauguração da recém-renovada Sinagoga do Centro”, disse ele.

Nas redes sociais, outros representantes de sinagoga demonstram sua indignação com a morte precoce e brutal da líder.