O ator Pedro Paulo Rangel morreu na madrugada desta quarta-feira, 21, aos 74 anos, durante internação no Centro de Terapia Intensivo (CTI) da Casa de Saúde São José, no Rio de Janeiro. O artista estava tratando uma descompensação do quadro de enfisema pulmonar desde o final do ano passado. A informação foi confirmada pela assessoria do hospital, mas a causa da morte ainda não foi divulgada.

Nascido no Rio de Janeiro, em 1948, Rangel teve contato com o teatro pela primeira vez quando tinha 11 anos. Com a experiência, ele decidiu seguir a carreira de ator, passando pela TV Tupi e depois pela TV Globo. Os principais trabalhos do artista foram nas novelas “Gabriela” (1975), “Saramandaia” (1976) e “Vale Tudo” (1988). Além de ter participado de quadros do programa humorístico “TV Pirata”. 

Há 20 anos, Pedro Paulo recebeu o diagnóstico de doença obstrutiva pulmonar crônica, conhecido como enfisema. Apesar de não ter cura, o ator conseguiu controlar o avanço da enfermidade com fisioterapia e remédios. Apesar de ter dificuldades, ele afirmava que conseguia se movimentar sem problemas no palco.