Morreu, aos 64 anos, o animador Mark Gustafson, conhecido por sua colaboração com o cineasta mexicano Guillermo del Toro na direção do filme Pinóquio, que conquistou o Oscar de melhor animação no ano passado. A notícia foi confirmada por Del Toro na manhã desta sexta-feira, embora a causa da morte não tenha sido divulgada.

Del Toro expressou seu luto e admiração por Gustafson, descrevendo-o como um pilar da animação stop-motion e um verdadeiro artista. Gustafson, de nacionalidade estadunidense, destacou-se como especialista nesse gênero, conhecido por criar filmes a partir de modelos reais. Entre suas obras mais notáveis estão O Fantástico Sr. Raposo (2009), dirigido por Wes Anderson, e O Estranho Mundo de Jack (1993), escrito por Tim Burton. Pinóquio por Guillermo del Toro faz parte do catálogo da Netflix.

Del Toro enfatizou o legado significativo deixado por Gustafson na animação stop-motion, desde os primórdios com argila, moldando carreiras e contribuindo para a história do cinema de animação. O cineasta prestou homenagem ao amigo e colega, destacando a importância de sua filmografia histórica.

Leia também:

Com 70 filmes, mostra de cinema O Amor, a Morte e as Paixões estreia quinta, em Goiânia

Morre o ator Carl Weathers, o Apollo Doutrinador dos filmes “Rocky”