Os novos integrantes do Conselho Superior do Ministério Público (CSMP) tomaram posse dos cargos nesta segunda-feira, 2, durante evento no edifício-sede do órgão, em Goiânia. 

Entre os nomes nomeados para o biênio de 2023-2024 estão: o corregedor-geral, Aguinaldo Bezerra Lino Tocantins e o corregedor-geral substituto, Vinicius Jacarandá Maciel.

Durante o evento, o procurador-geral de Justiça, Aylton Flávio Vechi, apontou o papel fundamental da corregedoria no campo disciplinar, da orientação e do diálogo. 

“Nossa instituição tem uma capilaridade muito grande, são muitos membros espalhados pelo estado, e há a necessidade de uma coordenação para que toda a atividade efetivamente alcance o cidadão”, assinalou.

Já o corregedor-geral recém-empossado do MP-GO, Aguinaldo Bezerra Lino Tocantins, lembrou a importância da função de orientar e fiscalizar, e frisou “a força, representatividade e credibilidade” que a instituição recebe da sociedade em geral. 

“Importante relembrar que o princípio da transformação social, consagrado no artigo 3º da Constituição de 1988, integra a própria concepção de Estado Democrático de Direito e, por isso, deve orientar as instituições de acesso à Justiça como o Ministério Público”, disse. 

A conselheira empossada Laura Maria Ferreira Bueno, por outro lado, destacou, em sua fala, que a nova composição possui maioria de mulheres. 

“Arrisco a dizer que é a primeira vez na história do Ministério Público que isso acontece”, disse a procuradora de Justiça, ao ressaltar que novos integrantes cumprirão suas funções com harmonia, respeito e dedicação. 

Prefeito

O prefeito Rogério Cruz marcou presença no evento, a fim de reforçar a relação entre os poderes.

“Quem ganha com a boa relação entre o Executivo municipal e o Ministério Público de Goiás é a população. Existe uma parceria harmônica e colaboração do MP, por meio dos promotores e promotoras, com a gestão”, afirmou Rogério Cruz. 

Conselho

Passam a integrar o CSMP as procuradoras de Justiça Eliane Ferreira Fávaro, Laura Maria Ferreira Bueno, Márcia de Oliveira Santos e Yara Alves Ferreira e Silva, e o procurador de Justiça Deusdete Carnot Damacena. 

O procurador-geral de Justiça, Aylton Flávio Vechi, que integra o conselho na função de presidente, e o corregedor-geral, procurador de Justiça Aguinaldo Bezerra Lino Tocantins, são membros natos do CSMP.