O Ministério Público Eleitoral (MP Eleitoral) em Goiás tem novo titular desde a última quarta-feira, 1º. O procurador da República Marcello Santiago Wolff assume a Procuradoria Regional Eleitoral em Goiás (PRE-GO) pelos próximos dois anos, até 31 de outubro de 2025.

A designação foi publicada na Portaria PGE 10/2023, assinada pelo procurador-geral Eleitoral (PGE) interino, Paulo Gustavo Gonet Branco. Como procurador regional Eleitoral substituto, foi designado o procurador da República João Gustavo de Almeida Seixas.

Marcello Wolff sucede Célio Vieira da Silva, que comandou a PRE-GO nos biênios de 2019/2021 e 2021/2023. O novo procurador regional Eleitoral já exerceu as atribuições do MP Eleitoral em Goiás no biênio de 2013/2015.

Os procuradores regionais eleitorais são responsáveis por conduzir os trabalhos do MP Eleitoral nos estados. Eles atuam perante os Tribunais Regionais Eleitorais (TRE), zelando pela correta aplicação da legislação, de forma a evitar abusos e assegurar o equilíbrio da disputa eleitoral.

Além dos membros do Ministério Público Federal (MPF), integram o MP Eleitoral promotores de Justiça (Ministério Publico Estadual), que atuam na primeira instância. O procurador-geral da República também exerce a função de procurador-geral Eleitoral e, juntamente com o vice, atua perante o Tribunal Superior Eleitoral (TSE).