Como primeiro ato de prefeito em exercício, Romário Policarpo (Patriota) entregou 29 lotes do Programa Moradia Goianiense nesta quinta-feira, 10. Ele frisa que a prioridade durante os oito dias de gestão é regularizar o maior número de imóveis da Capital. “Várias famílias dependem de doações de imóveis da prefeitura e que possamos colocar em prática o ensino do ex-prefeito Iris Rezende que é o de dar dignidade aos cidadãos que moram em situação de risco”, disse em coletiva de imprensa.

O Programa Moradia Goianiense tem por objetivo a transferência de famílias que ocupavam áreas públicas municipais destinadas ao sistema viário no Residencial JK, na Região Noroeste da capital. Os lotes possuem cerca de 300m²estão localizados no Residencial Jardins do Cerrado III e já contam com a infraestrutura urbana necessária para receber as famílias, como asfalto, água tratada e energia elétrica.

Valfran Ribeiro, titular da Secretaria Municipal de Planejamento Urbano e Habitação (Seplanh), explica que os beneficiários precisam, a partir de agora, escolher uma das três plantas disponibilizadas para construir as casas num período máximo de dois anos. “Foi um critério acordado para receber o benefício. Quem descumprir a regra, a Prefeitura de Goiânia recolhe o direito de uso do lote”, frisou.

A espera do benefício há 15 anos, a aposentada Maria Lúcia Costa agradece ao prefeito em exercício Romário Policarpo e prestar homenagem a mãe: “Meu choro hoje é de alegria. Apesar de minha mãe não está aqui com a gente, hoje esse lote eu dedico a ela, que lutou e orou tanto comigo por esse benefício. Agradeço a Prefeitura de Goiânia que me proporcionou essa bênção”, comemorou.

O sorteio dos contemplados ocorreu na última edição da Caravana do Bem – Prefeitura que Cuida, realizada no mês de setembro, na Região Noroeste de Goiânia. Além da autorização para ocupação dos lotes, a Secretaria Municipal de Planejamento Urbano e Habitação (Seplanh) também entregou aos beneficiados o projeto da planta popular já aprovado pela pasta, para início da construção dos imóveis.

Romário Policarpo faz a entrega como prefeito interino da Capital num período de oito dias. Nesse tempo, o prefeito Rogério Cruz (Republicanos), estará licenciado para viagem particular a Israel. Os custos serão arcados pelo próprio prefeito, sem influência no orçamento do município.

Moradia Goianiense

O programa Moradia Goianiense, iniciativa da Prefeitura de Goiânia, em parceria com as esferas federal e estadual, registra 21.620 famílias cadastradas. As inscrições foram contabilizadas entre os dias 14 de março e 07 de agosto de 2022. O programa habitacional tem, como público-alvo, famílias em situação de vulnerabilidade social, e objetiva a construção de 15 mil novas moradias até 2024.

O lançamento do programa deu-se em março deste ano, e com investimentos na ordem de R$ 450 milhões do Tesouro Municipal. Coordenado pela Secretaria Municipal de Planejamento Urbano e Habitação (Seplanh), o programa consiste no subsídio de até 20% do valor do imóvel das famílias selecionadas, aporte que será abatido no valor total do imóvel adquirido por meio de financiamento junto às instituições financeiras, servindo como parcela de entrada.