Com o fim do período de chuvas em Goiânia, o secretário municipal de Infraestrutura, Denes Pereira, confirmou que diversas obras envolvendo o asfalto deverão ser retomadas. Segundo o titular da Seinfra, o trabalho será dividido em várias frentes, incluindo recuperação e recapeamento de centenas de quilômetros de massa asfáltica. Incluindo iniciativas previstas dentro do Programa Goiânia Adiante.

“Com a determinação do prefeito Rogério Cruz (Republicanos), já lançamos a licitação de mais 500 quilômetros de recuperação das nossas vias”, contou o Pereira, a respeito do projeto que busca asfaltar 150 vias da capital. “Além do recapeamento que a própria Seinfra tem feito. Por exemplo, o trabalho feito na região do Parque de Exposição Agropecuária de Goiânia, no Setor Nova Vila”, completou.

O secretário também destacou que o objetivo seria recuperar cerca de 1.200 quilômetros de malha viária do município, incluindo a Avenida Perimetral Norte. Seja com a conclusão do Projeto 630, iniciativa de 2020 que visa recapeamento de diversas vias de Goiânia e que teve 72% concluído na atual gestão. Além de uma nova determinação de 500 quilômetros de recuperação de massa asfáltica no Goiânia Adiante.

Segundo o titular da pasta da Infraestrutura, Goiânia teria priorizado a pavimentação de novas vias, ao invés da recuperação e substituições das existentes nos últimos anos. Ele explica que a situação ocorreu porque o momento era de expansão da cidade e diversos bairros recém criados não tinham asfalto. Entretanto, agora, com o envelhecimento da massa asfáltica, diversas regiões antigas precisarão passar pelo processo de substituição.

“O momento é de avançar no recapeamento”, pontou o secretário. “A nossa querida Goiânia tem vários locais em que o asfalto colapsou, por isso o tapa-buraco não resolve mais a situação. Era um momento previsto porque tudo tem uma vida útil, uma situação normal”, acrescentou.

Com as obras em andamento, Pereira garantiu que a capital está avançando bastante na recuperação da malha viária e que estará pronta para o próximo período chuvoso. “Estamos nos preparando para passar pelas chuvas com o menor transtorno possível”, declarou o titular da pasta.