O prefeito Rogério Cruz (Republicanos) deve comparecer à Câmara Municipal, no próximo dia 12 de dezembro, às 8 horas, para prestar contas de sua gestão à frente da Prefeitura de Goiânia, referentes ao segundo quadrimestre de 2022. Vereadores entrevistados pelo Jornal Opção avaliam que o chefe do Executivo goiano vai apresentar as obras e transparência das contas públicas com tranquilidade e a Casa deve aprová-las.

Líder do prefeito na Casa, vereador Anselmo Pereira (MDB) destaca as obras feitas por Cruz durante a gestão. “O prefeito Rogério Cruz vai vir nessa Casa com calhamaço de prestação de contas benéficas para a sociedade. Nunca se fez de tanto nessa Prefeitura. Ela já entregou mais de 5 mil escrituras em menos de um ano, além de uma série de obras”.

De acordo com o parlamentar, a Prefeitura tem em caixa mais de R$ 1 bilhão para investir no ano que vem. “Uma economia própria de mais de R$ 1 bilhão para aplicar ainda no ano que vem em extra orçamento”. Anselmo lembra que o Programa de Renegociação de Dívidas (Refis) 2022 já arrecadou mais de R$ 70 milhões em pagamentos a vista, com previsão de chegar a R$ 200 milhões. “Essa é a prestação de contas que estamos ansiosos para ver”, frisa.

De acordo com a vereadora Sabrina Garcez (Republicanos), a base de sustentação do prefeito Rogério Cruz é forte e conseguiu fazer avançar projetos importantes para a cidade, também por causa da atuação do presidente Romário Policarpo (Patriota). “O que nós queremos é uma cidade justa, equilibrada e que as pessoas tenham dignidade”, observou.

Para ela, essa visita do prefeito na Casa vai ser oportunidade para ele explicar a forma que deve aplicar o Programa Goiânia Adiante, além do que foi feito esse ano. “O prefeito nos últimos meses anunciou uma série de benefícios para o funcionalismo público. Ele também lançou um programa de investimentos. Acreditamos que ele deve explanar tudo isso, além de prestar contas do que já fez nos últimos meses”.

O vereador Izídio Alves (MDB) defende a gestão do prefeito Rogério Cruz. “Espero que essa prestação de contas seja a melhor possível e a Câmara está esperando disso dele. Ele está trabalhando muito por Goiânia, mas espero que faça mais ainda”, alerta.

O vereador Sandes Júnior (Progressistas) reforça que o prefeito lançou em outubro o maior programa de ações da história da cidade: o Goiânia Adiante. A primeira etapa prevê aporte de R$ 1,7 bilhão em infraestrutura, educação e saúde. Esse valor equivale a quase todo o investimento que a administração municipal realizou nos últimos 10 anos, entre 2011 e 2022, R$ 1,92 bilhão.