O segundo turno das Eleições Gerais de 2022 no Tocantins teve a participação de 871.238 eleitores, o que representa 79,62% do eleitorado apto a votar. O índice de abstenção foi o menor registrado desde 2014 em eleições federais no Estado.

Dos 11 locais de votação que registraram índice de comparecimento maior que 90% no domingo, nove estão em áreas indígenas. A Escola Estadual Indígena Crokroc, em Goiatins, foi a que teve o menor índice de abstenção, registrando a presença nas urnas de 269 dos 287 eleitores aptos. O índice de comparecimento foi de 93,73%.

Em seguida, está a Escola Indígena Manty´q São José, em Tocantinópolis, com percentual de comparecimento em 93,32% (712 votantes); e a Escola Municipal Carlos Chagas, na Comunidade Matinha, zona rural de Colméia, região médio-norte do Estado.

Maiores cidades acima da média

Nas três maiores cidades do Tocantins, o índice de comparecimento ficou acima da média do Estado. Em Palmas, 29ª Zona Eleitoral, o percentual de comparecimento atingiu a marca de 81,84%, ou seja, 163.388 eleitores foram às urnas na capital. Em Araguaína o comparecimento foi de 82,09%, 92.995 eleitores; e em Gurupi foi de 80,05%, 46.496 eleitores compareceram para votar no segundo turno.

Eleitores faltosos

Ao todo, 223.064 pessoas não compareceram às urnas no Tocantins, ou seja, 20,38% do total de eleitores aptos a votar. Em 2018, a abstenção foi de 24,84% no segundo turno da eleição para presidente da República e em 2014, o percentual foi de 24,73%.