Organização dos Estados Americanos (OEA) afirmou nesta terça-feira, 01, em relatório preliminar sobre o segundo turno das eleições, que a “urna eletrônica brasileira mais uma vez comprovou sua eficácia, produzindo resultados rápidos, que foram divulgados sem contratempos”.

O documento elogiou o trabalho do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que, segundo o relatório, atuou no “contexto complexo, marcado pela polarização, desinformação e ataques às instituições eleitorais”.

A instituição também elogiou “o trabalho dos Tribunais Regionais Eleitorais (TREs), juízes e funcionários eleitorais e membros de locais de votação, que contribuíram para a organização e execução dessas eleições”.