O governador Ronaldo Caiado (UB) fechou acordo com a gigante chinesa Weichai Power – fabricante de motores, máquinas agrícolas, de construção e de embarcações – durante reunião realizada na China nesta sexta-feira, 10. A nova unidade da empresa será no município de Itumbiara, no Sul do estado.

A companhia integra o grupo Shandong Heavy Industry, um dos maiores conglomerados asiáticos. Outra expectativa da comissão goiana naquele país é selar a negociação para a instalação de outro da multinacional No Estado. A previsão é que o acordo seja firmado neste sábado, 11.

“Estamos tornando Goiás referência em tecnologia ao produzir os melhores produtos em nosso estado, com a possibilidade de abastecer o mercado da América Latina”, acentuou Caiado, com a nova conquista industrial.

A Weichai é a segunda indústria que confirma operação em Goiás após a missão comercial do governo de Goiás à China. Antes, na terça-feira, 7, a Chint Power, fornecedora de sistemas de energia limpa, garantiu o início das operações também em Itumbiara.

Weichai é a 18ª maior empresa chinesa, com um faturamento anual de cerca de US$ 52 bilhões. A companhia é detentora das marcas italianas Ferretti (de iates) e Lovol (de máquinas de construção e equipamentos agrícolas).

Para o diretor-geral do Shandong Heavy Industry Group, Ma Changhai, a instalação no Estado abre novos horizontes de negócios no Brasil. “Goiás tem ampla perspectiva de operação com nossas indústrias, e a visita liderada pelo governador abre um novo Brasil para que possamos fortalecer nossos resultados econômicos. Desejo uma cooperação muito frutífera”, enfatizou.

Missão goiana

O prefeito de Itumbiara, Dione Araújo, que integra a comissão, comemorou o anúncio do acordo da nova indústria para a região. “Itumbiara tem muito a ganhar, juntamente com nosso estado”, pontuou.

Além dele, a missão ao país asiático conta com as presenças da primeira-dama e coordenadora do Goiás Social, Gracinha Caiado; os secretários de Indústria e Comércio, Joel Sant’Ana Braga Filho; geral de Governo, Adriano da Rocha Lima; de Infraestrutura, Pedro Sales; e a diretora-geral da Organização das Voluntárias de Goiás, Adryanna Caiado.

Integram também à comissão o presidente da Assembleia Legislativa de Goiás (Alego), Bruno Peixoto; os deputados estaduais: Jamil Calife, Lucas do Vale e Vivian Naves, bem como os prefeitos de Anápolis, Roberto Naves; de Porangatu, Vanuza Valadares; e de Rio Verde, Paulo do Vale.

Leia também: Ronaldo Caiado e Bruno Peixoto juntos na China e a foto que vale mais do que mil palavras

Caiado assina contrato e traz gigante chinesa para Goiás