O projeto Claque – Retomada Cultural começa em Goiânia, nesta sexta-feira, 16, e segue até a próxima quarta-feira, 21. As apresentações acontecem em diversos pontos da capital, com entrada gratuita. Os ingressos devem ser retirados com antecipação na plataforma Sympla.

Esta é a segunda edição da Retomada Cultural, que faz parte de uma iniciativa do governo de Goiás, por meio da Secretaria Estadual da Retomada (SER). No ano passado, o projeto foi lançado para apoiar artistas que tiveram o trabalho afetado devido a pandemia de Covid-19.

Para o presidente do Sistema Fecomércio, Sesc e Senac Goiás e vice-presidente da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), Marcelo Baiocchi, o Claque é importante para o cenário cultural goiano. “Temos o compromisso com a cultura e promovemos a valorização dos artistas goianos com uma gestão responsável dos recursos. Além disso, o Claque tem o objetivo de movimentar todo o setor artístico, a economia e o turismo da capital e das cidades do interior”, destacou.

O secretário da Retomada, César Moura, pontua que o projeto se transformou em uma ferramenta para reconhecer e revelar os talentos goianos. “Além de prestigiar os artistas locais, o Claque Retomada Cultural contribui com a formação de plateia em todas as regiões por onde vai passar nesta ação com o Sesc Goiás”, afirma.

Nesse sentido, o diretor regional do Sesc e Senac, Leopoldo Veiga Jardim, observa que o Claque soma ao calendário artístico de Goiás. “O Sesc tem a missão institucional de levar a arte por todos os cantos do Estado e esse é um dos projetos que fortalecem a produção cultural de diferentes cidades goianas, promovendo a diversidade de gêneros e estilos artísticos”, frisou.

Agenda

O projeto será realizado em oito cidades do Estado. Em Goiânia, além da programação dos dias 16 a 21, haverá eventos em janeiro de 2023. Neste fim de ano, dentre os locais, as apresentações acontecem no Teatro Sesc Centro, Sesc Faiçalville, Sesc Universitário, Sesc Campinas, Casa Galeria Arte Plena e Teatro Basileu França.

Os outros municípios contemplados são: Rio Verde, Luziânia, Jaraguá, Posse, São Miguel do Araguaia, Itumbiara e Cidade de Goiás. Nesses locais, as agendas serão em janeiro. O Claque mestra diversos gêneros artísticos de música, artes cênicas (teatro, dança e circo), audiovisual, artes visuais e literatura.

Confira a programação completa pelo site sescgo.com.br