França e Marrocos protagonizaram uma grande semifinal de Copa do Mundo nesta quarta-feira, 14. No fim, o alívio foi da França, que venceu por 2 a 0 e segue viva na defesa do título mundial conquistado em 2018, mas os aplausos dos mais de 68 mil torcedores no Estádio Al Bayt, em Doha, também foram para Marrocos de forma justa. Agora, a França lutará pelo tricampeonato mundial com a Argentina, no domingo, 18.

Após Theo Hernández abrir o placar aos quatro minutos do primeiro tempo, o time de Walid Regragui tirou os Bleus da zona de conforto e esteve muito próximo do gol de empate, que não veio. Coube a jovem Kolo Muani, um minuto após entrar em campo, selar o placar aos 34 da etapa final.

Agora, a grande decisão da Copa do Mundo, entre França e Argentina, será no domingo, às 12h. No Estádio Lusail, as seleções comandadas por Lionel Messi e Kylian Mbappé jogarão pelo Tri do Mundial. No sábado, Marrocos e Croácia disputam o terceiro lugar no Khalifa International, às 12h.

A seleção atual campeã do mundo precisou de apenas 4 minutos e 39 segundos para conseguir o que Bélgica, Croácia, Espanha e Portugal não foram capazes em jogos completos: balançar a rede do Marrocos. O lance começou com um passe de Varane para Griezmann. No erro de antecipação do El Yamiq, o camisa 7 invadiu a área e tocou para trás. Após duas finalizações travadas de Mbappé, a bola se ofereceu para Theo Hernández, que, de voleio, superou Bono: França na frente!

A partir dos 25 minutos do segundo tempo, a seleção marroquina passou a dar sinais de cansaço. Por outro lado, Didier Deschamps apostou de vez na velocidade, promovendo a entrada de Kolo Muani. Dembélé, mal na partida, foi quem saiu. E o jovem atacante precisou de apenas um toque para empurrar a bola para a rede, aos 34 minutos. A jogada foi toda construída por Thuram e Mbappé. A finalização do camisa 10 foi travada, mas ficou à feição do camisa 12 na segunda trave: 2 a 0 para a França!