Márcio M. Cunha
Márcio M. Cunha

Rápidas

  • Celg condenada 1 – A 6ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJ-GO) condenou a Celg Distribuição S.A (Celg D) a indenizar os herdeiros de uma vítima que faleceu em acidente de trânsito, quando a roda de sua moto enrolou em um cabo de energia que havia se rompido e estava caído na rua.
  • faustodinizCelg condenada 2 O relator do processo foi o desembargador Fausto Moreira Diniz (foto). A indenização foi fixada em pouco mais de R$ 92 mil, por danos morais e materiais.
  • Confiabilidade da Justiça – Em visita à Asmego, o presidente da OAB-GO, Enil Henrique de Souza Filho, propôs campanha de valorização da Justiça. Consi­derando a baixa credibilidade da Justiça (28% diante da população), foi proposta pela OAB ao presidente da Asmego, juiz Gilmar Luiz Coelho, a elaboração de uma campanha de valorização mútua, contando também com o apoio do Ministério Público.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.