Márcio M. Cunha
Márcio M. Cunha

Audiências de custódia

As recém-implantadas audiências de custódia, que obrigam o contato de presos em flagrante com um juiz em 24 horas na capital paulista, erram ao deslocar diariamente suspeitos para o bairro da Barra Funda. É o que afirma a Associação dos Advogados Criminalistas do Estado de São Paulo (Acrimesp).

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.