Hélio Rocha
Hélio Rocha

Partidos biombos servem a certos interesses, mas não aos dos cidadãos

É preciso acabar com este gênero de partido que se move como uma pena ao sabor do vento

Partido político não pode funcionar como espécie de esconderijo para más intenções, propósitos meramente casuísticos e projetos pessoais escusos ou fisiológicos, como tem acontecido no Brasil.

Às vezes, pior ainda: legenda partidária simplesmente abrigando interesses momentâneos de algum ou de alguns. É preciso acabar com este gênero de partido que se move como uma pena ao sabor do vento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.