Euler de França Belém
Euler de França Belém

Tribunal de Justiça condena o jornalista Paulo Henrique Amorim a 5 meses e 10 dias de prisão

Editor do blog Conversa Afiada não conseguiu provar que Ali Kamel é racista. Justiça frisa que Amorim move “autêntica empreitada” contra a honra do diretor de Jornalismo da Globo

Paulo Henrique Amorim 43

No seu blog Conversa Afiada, o jornalista Paulo Henrique Amorim (acima) disse que, por ter escrito o livro “Não Somos Racistas”, o diretor de Jornalismo da TV Globo, Ali Kamel (abaixo), “engrossa as fileiras racistas dos que bloqueiam a integração e a ascensão dos negros” e o chamou de “trevoso”. Kamel sublinhou, em sua defesa, que não é racista. O Tribunal de Justiça de São Paulo, dados os crimes de injúria e difamação, condenou Paulo Henrique Amorim — que não é mais réu primário — a 5 meses e 10 dias de prisão. O blogueiro pode e vai recorrer.

Ali Kamel 1entrevista wide

O relator do processo, desembargador Edison Brandão, escreveu que Paulo Henrique Amorim move “autêntica empreitada” contra a honra de Kamel. Segundo o magistrado, “salta nítido nos autos” a vontade de cometer o crime. “Ficando clara a intenção em macular a honra de Ali Kamel.” O colegiado, composto por Ivan Sartori, Luis Soares de Mello e Euvaldo Chaib, acatou a posição do relator.

Como as ofensas de Paulo Henrique saíram na internet, possibilitando a sua repercussão, o Tribunal de Justiça aumentou a pena em 1/3.

Paulo Henrique Amorim foi condenado em processos movidos por Heraldo Pereira (por injúria racional), Merval Pereira (no Supremo Tribunal Federal), Gilmar Mendes, Nélio Machado, Daniel Dantas e Lasier Costa Martins.

2 respostas para “Tribunal de Justiça condena o jornalista Paulo Henrique Amorim a 5 meses e 10 dias de prisão”

  1. Avatar ethos mos disse:

    É impressionante a lista de pessoas que tem sido atacadas por ele. Ainda bem que a justiça está presente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.