Euler de França Belém
Euler de França Belém

Resultado de luta esconde que Victor Belfort lutou bem contra Chris Weidman

O lutador americano tem razão: é preciso parar de duvidar de seu talento no octógono. O que lhe falta é carisma

Weidman bate Belfort (Foto: Getty Images)

No esporte, como sabem os esportistas, o que importa é a vitória — não a disputa em si. “Importante é participar” é discurso condescendente de não-vencedores. Mas o resultado de uma luta, sem que seja examinado o conjunto, nem sempre é a explicação precisa do que ocorreu. Embora Victor Belfort tenha perdido no primeiro round, e de maneira contundente, o fato é que lutou muito bem e estava vencendo, possivelmente tenha sido o oponente que mais machucou o ótimo Chris Weidman (“parem de duvidar de mim”, disse, e com razão), quando foi levado ao chão, e aí prevaleceu a força e a juventude do carrasco de Anderson Silva.

Observando Belfort e Weidman, e não apenas devido à altura, o que se conclui é que o brasileiro parecia muito pequeno — quase sem músculos —perto do americano. Mesmo assim, começou batendo duro, abalando Weidman. Este, revelando-se um guerreiro inteligente, entendeu que a luta em pé era derrota certa e, por isso, tratou de agarrar Belfort, levando-o ao chão. Como Belfort estava vencendo, com excelente performance, não conseguiu perceber a jogada de Weidman. Foi pego, por assim dizer, desprevenido.

No chão, aparentemente com menos energia e capacidade de explosão — visíveis em lutas anteriores, em que aparecia musculoso —, Belfort não conseguiu reagir à habilidade e energia de Weidman. Mas insista-se: lutou muito bem. O resultado, vale repetir, não é a tradução exata do que ocorreu no octógono. Ainda assim, a vitória de Weidman, com bom jogo de chão — ante um Belfort quase inerte e sem forças —, é absolutamente legítima. Trata-se mesmo de um grande lutador, ainda que sem carisma — embora se trate de um homem bonito e delicado — e com certa melancolia no olhar.

[Foto: Getty Images]

1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Nilson Gomes

Muito bom que o próprio editor do jornal, que entende de lutas, sobretudo boxe, faça cobertura do evento, mesmo na madrugada. Mostra que o Jornal Opção não é semanário nem diário — é em todo horário.