Euler de França Belém
Euler de França Belém

O povo das ruas confia no juiz Sérgio Moro e apoia a Operação Lava Jato

Os manifestantes disseram, com sua presença nas ruas e seus cartazes, que condenam a corrupção na Petrobrás e outros setores do governo

Protesto em Goiânia em 13 de março de 2016 foto 2

Na manifestação de Goiânia, que reuniu cerca de 50 mil a 70 mil pessoas, configurando uma das maiores manifestações da história da cidade, os cartazes de cartolina, carregados nas mãos de indivíduos isolados, por vezes tinham poucos dizeres mas eram contundentes. Alguns diziam, de maneira sintética: “Fora Dilma!”, “Fora PT!”, “Fora Lula!” e “Impeachment já!”. Certos cartazes pediam a renúncia da presidente Dilma Rousseff.

Protesto em Goiânia em 13 de março de 2016

Muitos diziam confiar em Sérgio Moro, o juiz que condena ou absolve no caso da Operação Lava Jato. Todos os cartazes eram de apoio ao magistrado e vários diziam confiar na sua independência e coragem. Há uma confiança generalizada na Justiça, basicamente em Sérgio Moro. Não houve referência a nenhum outro magistrado. Nenhum ministro do Supremo Tribunal Federal foi mencionado, nem para o bem nem para o mal.

Quando pediam palmas para Sérgio Moro, todos aplaudiam, quase não querendo parar de bater as mãos. O magistrado foi aclamado em todo o percurso. Os brasileiros — ao menos o que não são petistas ou simpatizantes do PT — disseram, com seu protesto pacífico, que apoiam a Operação Lava Jato. A intelligentsia petista, que deve existir, tem de ficar de olho no recado visceral das ruas. Fica-se com a impressão de que só o PT não percebe a voz condenatória das ruas.

Palavras de alguns cartazes

“Sérgio Moro — Fim da Impunidade”

“Vim de Graça! Moro, prende a jararaca”

“Tamo Juntos Sérgio Moro—Pau na máquina: vamos passar o Brasil a limpo”

“Apoiamos o juiz Sérgio Moro”

(Crédito das fotos: a primeira é de Arnaldo Bastos; a segunda, de Euler de França Belém)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.