Euler de França Belém
Euler de França Belém

O Popular “importa” barriga do Estadão; Alckmin não afastou Marconi de sua coordenação política

Notícia plantada em jornal paulistano, a corte, é replicada por jornal goianiense, a colônia

Sílvio Torres, deputado ligado a Geraldo Alckmin, garante que Marconi Perillo permanece na coordenação política da campanha do presidenciável tucano

O lema de “O Popular” bem poderia ser “o primeiro a chegar atrasado”. O jornal tem sido furado pelo Jornal Opção com frequência. O veículo do Grupo Jaime Câmara eventualmente é pautado — como no caso do lançamento da candidatura do jornalista Paulo Beringhs a governador — pelo Jornal Opção, espécie de “chefe de reportagem indireto” do concorrente.

Por ser o “primeiro a chegar a atrasado”, o “Pop” comprou uma “barriga” — tão gigante que parece “d’água” — publicada pelo “Estadão”. O jornal paulistano — que já definido pelo jornalista Caio Túlio Costa, ex-ombudsman da “Folha de S. Paulo”, como “mausoléu” — desinformou que, a pedido de Ronaldo Caiado (que não tem, lógico, força suficiente para tanto), o pré-candidato a presidente da República pelo PSDB, Geraldo Alckmin, teria afastado o ex-governador de Goiás Marconi Perillo de sua coordenação política. A plantação era e é pura fake news, com fonte que, de tão anônima, só pode ser o “fantasma que não anda”.

Marconi Perillo e Geraldo Alckmin: o segundo tem elogiado a capacidade de articulação política do segundo

Depois de comprar a “barriga” de sua “metrópole” — o jornal goianiense tem se tornado uma espécie de “colônia” das agências de notícias —, o “Pop” teve de se corrigir, mas omitindo que havia cometido um “erro” grave, ao publicar, o que não é de seu feitio, uma fake news. O tesoureiro nacional do PSDB, o deputado federal Sílvio Torres, de São Paulo, disse ao jornal: “Isso é furada, nada a ver. Marconi Perillo é o coordenador da campanha de Geraldo Akckmin e continua sendo”. Por que o jornal não ouviu antes alguém da cúpula tucana é um mistério que nem os plantadores de soja de São Paulo e Goiás têm condições de explicar.

Não seria o caso de o “Pop” pedir desculpas aos leitores? O primeiro passo seria a retirada da fake news de seu site.

Articulador de primeira linha

Geraldo Alckmin tem dito aos seus aliados que está impressionado com a capacidade de articulação política de Marconi Perillo, que, afirma o alto tucanato, foi decisivo na conquista do centrão para a campanha do presidenciável do PSDB.

O ex-governador de Goiás é visto em São Paulo como um articulador que “transpira” política. É um político full time, afiançam.

2
Deixe um comentário

2 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
2 Comment authors
joão rinoceronte

Geraldo Alckmin além de ser um ótimo gestor é cercado de pessoas competentes! Alckmin será o nosso próximo presidente do Brasil!

Felipe Pansano

Eu vou votar e Geraldo Alckmin, pois deixou um legado de trabalho no estado de São Paulo que será aproveitado por muitas gerações.