Morre o jornalista e radialista Valdeci Rodrigues, ex-repórter da CBN

O repórter brilhou nas rádios de Brasília e estava morando em Porangatu

Valdeci Rodrigues, jornalista e radialista | Foto: Facebook

O jornalista, radialista e músico Valdeci Rodrigues Alves morreu na madrugada de quarta-feira, 12, em Porangatu, de pneumonia. Será sepultado às 17 horas, em Porangatu, onde residia com a mãe, depois de morar em Goiânia e Brasília. Segundo amigos da cidade, ele tinha depressão há vários anos.

“Valdeci Rodrigues fez diferença na cobertura política em Brasília. Com o coração cortado recebemos a notícia do seu falecimento. Nós nos conhecemos na CBN da capital federal em 1994. Mais tarde ele foi correspondente do site SRzd. Destemido nos trouxe muitas notícias em primeira mão. Quando esteve no Rio, de férias, e conheceu Búzios, na região dos Lagos, ele nos deixou em gratidão pela estadia uma miniatura de um navio que representava um pouco o seu sentido de vida: poeta que navega nas noites enluaradas, singra os mares com destemor e um sorriso de felicidade ao conviver com a fauna. Ao lado do seu violão ouvimos entre amigos canções brasileiras que hoje chamamos de raiz. Que Deus proteja sua alma, amigo Valdeci”, disse o diretor-geral do SRzd, Sidney Rezende.

O jornalista Estevão Damazio disse ao SRzd: “Valdeci foi um dos mais talentosos jornalistas de rádio em Brasília. Ele tinha um poder de improviso que eu jamais tinha visto. Esse improviso, que contava com uma linguagem, ao mesmo tempo erudita, mas coloquial, com uma ambiguidade, atraia muito os ouvintes. Aprendi muito com ele”.

Repercussão no Facebook

Sebastião Pinheiro, jornalista e poeta: “Lamentável. Grande Valdeci Rodrigues, amigo, colega de ofício e músico. Que descanse das agruras terrenas”.

Celi Gomes: “Que noticia mais triste! Descanse em paz meu caro! Você vai fazer falta”.

Fabíola Góis, jornalista: “Sinto muito… ele me ajudou demais quando comecei a fazer estágio no Congresso. Era um grande companheiro e tinha a melhor risada do universo. Vai em paz, amigo”.

André Ricardo Nunes Martins: “Meus sentimentos a todos os familiares, amigos e colegas. Conheci e convivi com o Valdecir assim que comecei na TV Senado. Ele já era um destacado repórter de rádio, setorista no Congresso. Um profissional e tanto. Amável, perspicaz, conversador, bem-humorado e muito antenado. Deixa muitas saudades”.

Carmem Lavor, jornalista: “Sinto muito, um colega de grandes coberturas no Congresso Nacional. Meus pêsames a família”.

Camilla Sanches: “Obrigada por tanto, desde sempre, companheiro. Sua gargalhada ecoa em minha memória nesse momento. Fica bem e fica em paz”.

Uma resposta para “Morre o jornalista e radialista Valdeci Rodrigues, ex-repórter da CBN”

  1. Avatar Evandro Matheus disse:

    Barafobafo, MEU amigo, nossa amizade comecou no Jornal Correio Braziliense, eu flila e ele recem chegado do jornal de Brasilia, e, segundo ele a sua contratacão se deveu a foto que ilustrou a nossa materia, mentira os textos dele sempre foram maravilhosos, muitas noites em bares ou em casas de amigos, e quem de fato o conheceu, sua ultima poesia das noites era: Merd..bost..c…aqui pra você, saudades lembranças

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.