O segundo maior jornal especializado em economia deixou de existir na forma impressa. Fundado em 2009, o “Brasil Econômico” só perdia em influência para o “Valor Econômico”. A alegação é a mesma que vem afetando meios de comunicação de todo o País: dificuldades financeiras. A publicação é do conglomerado português Ongoing, que também é responsável pelo diário carioca “O Dia”, o tabloide “Meia Hora” e o portal iG. O grupo garante que esses veículos seguirão ritmo normal. A última edição do “Brasil Econômico” circulou na sexta-feira, 18. Com seu fim, 30 profissionais perdem vagas de trabalho.