Euler de França Belém
Euler de França Belém

Jornal “Correio de Uberlândia” fecha as portas em dezembro

O Grupo Algar diz que crise levou à descontinuidade do principal jornal da cidade do Triângulo Mineiro

Pintura de Rob Gonsalves

Pintura de Rob Gonsalves

O “Correio de Uberlândia”, com quase 80 anos, será extinto em 31 de dezembro deste ano. A decisão da diretoria é incontornável. Mais de 100 profissionais — não só jornalistas — serão demitidos pelo Algar, grupo que comanda o jornal.

Numa nota (publicada abaixo), a empresa que ditada o jornal sublinhou que, “no atual cenário mundial de negócios de mídia, onde grandes veículos impressos passam por enxugamentos ou deixam de existir, o grupo Algar entende que cumpriu sua missão e com o novo direcionamento estratégico, optou por descontinuar o jornal”.

Nota do Grupo Algar

“O grupo Algar está promovendo uma revisão do seu portfólio de negócios, com isso, irão acontecer entradas e saídas de algumas atividades.

“Por quase 80 anos o Grupo editou o Jornal Correio de Uberlândia, produzindo um jornalismo independente e de qualidade, respeitando seus profissionais, leitores, anunciantes, fornecedores e parceiros. Mas, no atual cenário mundial de negócios de mídia, onde grandes veículos impressos passam por enxugamentos ou deixam de existir, o grupo Algar entende que cumpriu sua missão e com o novo direcionamento estratégico, optou por descontinuar o jornal, cuja última edição será veiculada no dia 31 de dezembro de 2016. Até essa data, seguiremos com o compromisso de produzir um jornalismo da melhor qualidade.

“A Algar agradece a todos os profissionais que passaram pelo jornal, aos assinantes, leitores, anunciantes e à comunidade de Uberlândia. O Grupo encerra esse capítulo de sua história, mas seguirá crescendo e gerando cada vez mais empregos na cidade nas áreas de negócios que compõem o conglomerado, honrando e respeitando Uberlândia e região e continuando a contribuir para o desenvolvimento socioeconômico regional.”

Deixe um comentário