Euler de França Belém
Euler de França Belém

Jornais da Argentina ficaram perplexos com a pressão final do Flamengo

“Clarín”, “La Nacion” e “Página 12” registraram que Gabigol foi o herói do jogo e dizem que River Plate foi surpreendido

Os jornais argentinos comentaram, perplexos, a vitória do Flamengo sobre o River Plate por 2 a 1. Sobretudo porque o time argentino estava ganhando do time brasileiro até os 44 minutos do segundo tempo. As manchetes registraram a estupefação dos argentinos. No geral, quando ganham, os argentinos fazem títulos criativos e escracham os adversários. Agora, foram ponderados e objetivos.

O “Clarín”, principal jornal da Argentina, publicou: “Escapou ao River uma final incrível e Flamengo é campeão da Copa Libertadores” e “Os brasileiros mudaram o rumo do jogo no final — com gritos de Gabigol. Rafael Santos Borré havia feito um gol no primeiro tempo e, quando a equipe de Gallardo acariciava a glória, Gabriel Barbosa se converteu no herói do conjunto carioca”.

“La Nacion”, importante jornal da Argentina, publicou: “Flamengo campeão. Três minutos mortais: River perdeu a quinta Libertadores de sua história na última hora”.

“Página 12”, jornal de esquerda, manchetou: “A dois minutos do final, a equipe de Gallardo se descuidou e perdeu por 2 a 1”, “Copa Libertadores: Flamengo superou o River e é campeão”, “O conjunto do River foi superior no primeiro tempo, quando Rafael Santos Borré marcou um gol, mas, no segundo tempo, os brasileiros assediaram o River e Gabriel ‘Gabigol’ Barbosa, a estrela carioca, foi mortal”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.