Euler de França Belém
Euler de França Belém

João Spada, craque da diagramação, morre aos 59 anos

Ele foi chefe da diagramação do Jornal Opção. Era criativo, inteligente e rápido. E dava informações aos repórteres

O design-diagramador João Spada morreu na segunda-feira, 23, aos 59 anos. Ele teve um infarto fulminante.

João Spada era um craque da diagramação, rápido, criativo e inteligente (“sabia tudo e um pouco mais” — todos diziam na redação. Sabia até consertar computadores, se necessário). Ele trabalhou no Jornal Opção durante vários anos.

João Spada: ás da diagramação | Foto: Facebook

Quando Herbert de Moraes Ribeiro comprou uma impressora no Rio de Janeiro, João Spada esteve lá para verificar se estava em bom estado. Isto na década de 1990. Depois, acompanhou de perto sua montagem na gráfica do jornal.

No dia a dia, Spada, como a gente o chamava, era um grande contador de histórias. Era uma pessoa solidária. Na hora do lanche, era a estrela, sempre falante, agradável e divertido. Era também muito bem informado e estava sempre relatando fatos para os repórteres. Várias vezes, tivemos praticamente de entrevistá-lo sobre determinados assuntos.

Uma resposta para “João Spada, craque da diagramação, morre aos 59 anos”

  1. Jordaci disse:

    Lamentável a morte de Espada .
    Fomos amigos na década de 70 /80
    Enfrentamos juntos a luta contra a ditadura militar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.